Rio Branco, Acre,





Prefeita Socorro Neri dá posse aos novos diretores da rede municipal de educação


O processo eleitoral pra gestores da rede municipal de educação foi coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Seme) e contou com três etapas

ASCOM PMRB

Prefeita Socorro Neri deu posse nesta sexta-feira, 21, aos 76 educadores eleitores para diretores das escolas da rede educação de Rio Branco pra o quadriênio 2019-2022.

Em sua fala, Socorro Neri lembrou que 75% por cento dos empossados já estavam dirigindo as unidades escolares do município e foram reeleitos. “Isso nos dá uma garantia de que o sistema municipal de educação continuará avançando com os bons indicadores de educação que nós temos hoje. Os gestores são fundamentais que as escolas cumpram seus objetivos e efetivamente garantam condições de aprendizagem, contamos com todos vocês “, disse Socorro Neri ao agradecer diretores que agora deixam a gestão escola, ao reeleitos e também ao que iniciam na gestão escolar.

Posse dos novos diretores ocorreu na sexta-feira/Foto: Fagner Delgado

Eleito para a direção da escola Mauricila Santana, na área rural de Rio Branco, o professor Jadson Morais falou sobre seu plano de trabalho. “É a sequência de que já vem sendo feito de planejamento continuo, de esforço, de trabalho em equipe, de regime de colaboração para incentivo à aprendizagem.  O foco da nossa escola, assim como de todas da rede municipal de Rio Branco, é buscar uma educação e qualidade para as nossas crianças.

Bastante concorrida, a solenidade de posse dos novos gestores contou com a presença presidente do Conselho Municipal de Educação, professora Vômea Araújo, da presidente do Conselho dos Diretores das Escolas Pública (Codep), Charlene Fabiana. O ex-senador da República Aníbal Diniz, a deputada federal eleita Perpétua Almeida e o ex-governador Binho Marques também prestigiaram o evento. Na oportunidade a prefeita Socorro Neri entregou certificado de agradecimento aos gestores pelo trabalho realizado no âmbito do Município.

Binho Marques lembrou que mais de 70% dos municípios não tem critérios técnicos para definir os diretores de suas escolas e isso prejudica a educação. “Aqui a gente vê a prefeita Socorro Neri cumprir uma tradição que é a escolha democrática, séria, em que a comunidade escolhe seus gestores. O principal objetivo da Prefeitura é a criança, o jovem que está na escola, não interesses particulares. Está de parabéns a prefeita, o secretário Márcio Batista e a comunidade de Rio Branco, por ser também capital terceiro lugar em qualidade da Educação”, disse Binho Marques ao lançar o desafio de conquista o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

A eleição

O processo eleitoral pra gestores da rede municipal de educação foi coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Seme) e contou com três etapas: 1) qualificação, 2) avaliação, e 3) legitimação dos candidatos pela via democrática do voto direto. Para inscrever-se à primeira etapa, os 207 candidatos apresentaram seu plano de trabalho para os quatro anos de gestão.

Segundo o edital do processo eleitoral, apenas professores com contrato efetivo e experiência de no mínimo três anos em sala de aula podiam concorrer. A comissão eleitoral, com seis integrantes, acompanhou todo o processo visando assegurar a transparência do pleito. Essa comissão foi composta por técnicos da Seme e membros do Colegiado de Diretores de Escolas Públicas, Conselho Municipal de Educação e do   Sindicato dos Professores, entre outros. “Foi um processo de escolha que combinou dois elementos fundamentais, a meritocracia, capacidade técnica, com a legitimidade política, na medida em que foram submetidos a um processo democrático de escolha pela livre apreciação das comunidades escolares. É um dia de alegria e a certeza de continuamos no caminho certo, de que com unidade, construção coletiva, vamos continuar fazendo com que a educação de Rio Branco seja fruto de novos e importantes avanços ao longo do próximo quadriênio”, destacou o secretário de Educação Márcio Batista.

A deputada federal diplomada, Perpétua Almeida, falou sobre a importância da legitimidade do voto no processo de escolha dos gestores escolares. “A força do voto torna vocês mais fortes para implementar as políticas educacionais que o município precisa. Contem com nossos mandato a favor da educação”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também