Rio Branco, Acre,


Polícia Militar do Acre apresenta plano para os primeiros 100 dias de governo

No planejamento está incluída a Operações Fronteiras, nas cidades que fazem divisas com outros países

O subcomandante da Polícia Militar do Acre, coronel Marcio Alves, detalhou o plano de enfrentamento a criminalidade nos próximos 100 dias. Segundo o coronel, as ações que já estão sendo realizadas como a Cerco Total e Saturação continuam, além delas,  está dentro dos plano o início da Operação Boemia, em bares e locais de festas, Cavalo de Aço, que intensificará a abordagem aos motociclistas da capital e a volta da Operação Álcool Zero em pontos estratégicos tanto em Rio Branco quanto no interior.

Coronel Marcio Alves/Foto: ascom

“Vamos implementar as ações já realizadas nos primeiros dez dias e aumentar as operações, como a Operação Visibilidade, onde colocaremos viaturas e patrulhamentos em pontos estratégicos da cidade”, disse.

Outra novidade anunciada pelo subcomandante foi a Operações Fronteiras, nas cidades que fazem divisas com outros países, como Bolívia e Peru.

O coronel ressaltou que todas essas operações serão realizadas em parceria com a Policia Civil. A PM informou ainda que, nos primeiros dias de 2019 a violência realmente caiu no Acre. Nesse período foram realizadas 13 ações em que foram apreendidas armas e mais de 10 kg de droga.

Segundo o subcomandante Marcio Alves,o Programa de Erradicação das Drogas nas Escolas (Proerd) e o Policiamento Comunitário, que obteve bons resultados enquanto funcionou em alguns bairros de Rio Branco, serão retomados. O plano emergencial de 100 dias foi apresentado esta semana ao governador Gladson Cameli e aos secretários do Estado.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias