Rio Branco, Acre,


Em Tarauacá, PSDB retira pré-candidatura à prefeitura e anuncia apoio ao DEM

Em carta, tucano Rodrigo Damasceno disse que não poderá se dedicar da forma que a cidade merece

O pré-candidato a prefeito de Tarauacá pelo PSDB, Rodrigo Damasceno, anunciou nesta quinta-feira (3) a retirada de seu nome para a disputa. Em nota, o tucano afirmou não estar em condições ideais para enfrentar o desafio de ser candidato e prefeito.

“Como muitos de vocês sabem, estou passando por um momento muito delicado em minha vida pessoal”, disse. Em julho, o juiz da Comarca de Tarauacá, Marcos Rafael de Souza, concedeu medida protetiva, com base na Lei Maria da Penha, em favor da esposa de Rodrigo.

PUBLICIDADE

Segundo denúncia, ele tem surtos de agressividade. “Estou afastado dos meus filhos e não tem sido fácil para mim”, comenta na nota.

Damasceno anunciou ainda que vai apoiar o pré-candidato pelo DEM, Abdias da Farmácia, que tem grandes chances de levar a Eleição. “Seguirei torcendo por Tarauacá, por isso, trago o nome do Abdias como de uma pessoa honrada, capacitada e com a sensibilidade social que esse desafio precisa”.

Abdias da Farmácia é o pré-candidato do DEM em Tarauacá / Foto: Arquivo

Para o presidente estadual do DEM, Jairo Cassiano, o partido está forte em 17 municípios e Tarauacá é uma de suas prioridades. Novas alianças serão costuradas nos próximos dias e devem envolver o PT e o PCdoB, de onde pode sair o vice de Abdias.

“Vamos tentar fazer uma grande aliança. Vemos Abdias como uma liderança nova. É empresário e não político de carreira”, disse Cassiano, que classificou a desistência de Damasceno como um gesto de grandeza. “A vaidade não prevaleceu”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up