24 C
Rio Branco
18 abril, 2021 10:09 pm

Gladson e Bocalom dizem que não vão ‘furar a fila’ da vacina contra covid-19

POR SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O governador Gladson Cameli (sem partido) e o prefeito Tião Bocalom (Progressistas) informaram ao ContilNet que não vão ‘furar a fila’ para ser vacinado contra a covid-19.

No caso de Bocalom, o gestor da capital irá aguardar a distribuição dos imunizantes que serão enviados pelo Ministério da Saúde para a sua faixa etária específica.

Bocalom, que tem 67 anos, pertence ao grupo de risco, e com isso, tem prioridade na vacinação. No entanto, o primeiro lote das vacinas enviadas ao Acre, só será permitido aos idosos acima de 70 anos e profissionais de saúde. O prefeito inclusive, se contaminou com o vírus na reta final das eleições municipais de 2020.

Já o governador disse que vai esperar chegar sua vez na fila.  O motivo da espera é para dar exemplo às demais autoridades do Acre, para que possam fazer o mesmo e aguardar as etapas a serem realizadas pelo Ministério da Saúde.

O Acre recebeu as primeiras doses do imunizante, são mais de 40 mil da vacina coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan. No entanto, nesse primeiro momento, apenas idosos, profissionais de saúde e indígenas serão vacinados. A campanha de imunização iniciou em todo o Estado nesta quarta-feira.