Rio Branco, Acre,


Após prever vírus devastador, Bill Gates alerta para ‘próximos dois desastres’

O bilionário e filantropo Bill Gates alertou sobre os próximos dois desastres que o planeta enfrentará

O bilionário e filantropo Bill Gates alertou sobre os próximos dois desastres que o planeta enfrentará depois de prever a eclosão de um vírus devastador.

Em 2015, o fundador da Microsoft disse durante uma Ted Talk que uma epidemia que envolveria um vírus “onde as pessoas se sentiriam bem o suficiente enquanto estão infectadas para entrar em um avião ou ir ao mercado” estaria próxima de acontecer.

O chefe de tecnologia, agora com 65 anos, alertou que o mundo não estaria preparado para a próxima epidemia cinco anos antes do coronavírus surgir e matar, até o momento, 2,3 ​​milhões de pessoas no mundo.

Agora, quase seis anos depois, Gates disse que acredita que as maiores ameaças à humanidade nos próximos anos são as mudanças climáticas e o bioterrorismo, relata o Daily Star .

Relembrando o Ted Talk de 2015, Bill Gates disse ao canal Veritasium no YouTube: “Não há uma sensação boa em algo como isso que vou dizer, mas ‘Eu avisei’.

” Ele acrescentou: “As doenças respiratórias são muito assustadoras porque você ainda está andando por aí em um avião, um ônibus quando está infectado.

Ao contrário de algumas outras doenças como o Ebola, onde você está principalmente em uma cama de hospital quando a carga viral infecta outras pessoas.”

O Sr. Gates então deu sua opinião sobre as principais ameaças ao mundo hoje: “Mudança climática. A cada ano isso representaria um número de mortes ainda maior do que tivemos nesta pandemia”.

E acrescentou: “Bio-terrorismo. Alguém que queira causar danos pode criar um vírus e isso significa que o custo, a chance de se deparar com isso é mais do que epidemias de origem natural como a atual”.

O co-fundador da Microsoft disse que os humanos não têm o poder de prevenir futuras pandemias, mas podem estar mais bem preparados do que para a Covid-19 “para que nunca tenhamos um número de mortos perto do que temos hoje”.

Recentemente, Gates escreveu em um post de blog: “Embora ainda precise haver algumas restrições, o número de casos e mortes vai começar a cair muito – pelo menos em países ricos – e a vida vai estar muito mais perto do normal do que agora.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up