31.3 C
Rio Branco
24 julho, 2021 12:23 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Pesquisa no AM vai testar vacina contra Covid-19 em profissionais da educação e segurança

POR G1 AM

Uma pesquisa realizada no Amazonas vai testar a vacina contra a Covid-19 em pessoas com comorbidades. O estudo CovacManaus pretende antecipar a vacinação em profissionais de educação e de segurança pública da rede estadual, lotados em Manaus. A seleção de participantes e a vacinação devem ter início na próxima quinta-feira (18).

O objetivo principal do estudo é identificar se a aplicação da vacina em pessoas com comorbidades terá impacto na prevenção das formas grave da doença em Manaus, onde predomina a variante P.1 do vírus.

A infectologista Maria Paula Mourão, pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), explicou que o objetivo da pesquisa é conhecer quais são os benefícios e antecipar a vacinação em grupos de profissionais que são muito expostos, como os da educação e da segurança pública, e que tenham fator de risco conhecidos.

“Estamos trabalhando com a faixa etária de 18 a 49 anos, porque são as pessoas que ainda estão um pouco distantes do calendário vacinal regular desenvolvido pelo Brasil e pelo município de Manaus”, afirmou Maria Paula.

As doses que serão usadas na pesquisa foram doadas pelo Instituto Butantan, responsável pela fabricação da Coronavac, por uma parceria com a Fundação de Medicina Tropical. Os imunizantes pertencem ao mesmo lote que está sendo utilizado no município de Serrana, no interior de São Paulo. A cidade paulista está realizando uma vacinação em massa da população.

No total, segundo a pesquisadora, participarão da pesquisa 10.156 pessoas. Os participantes que apresentam comorbidade comprovada por laudo médico terão a vacinação antecipada com as duas doses da vacina CoronaVac e os demais serão acompanhados pela equipe de pesquisa, com realização de sorologias periódicas, até que sejam imunizados de acordo com o plano de vacinação do município.

Interessados em participar da pesquisa devem preencher o formulário de cadastro e termo de consentimento no site ipccb.org e ficar atentos ao cronograma de chamada por grupo etário, divulgado no mesmo endereço eletrônico.

No site estão detalhados os documentos e as informações necessárias para o estudo.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.