15.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 6:47 am

Funcionária da Amac é investigada pelo MPAC por acúmulo de cargos e recebimento duplicado

Romeu Cordeiro, o promotor responsável pela instauração da investigação, disse que a servidora teria praticado algumas irregularidades

POR REDAÇÃO CONTILNET

A servidora Odicleia Câmara da Costa, da Associação dos Municípios do Acre (AMAC), está sendo investigada pelo Ministério Público do Acre (MPAC) por acumulação ilegal de vencimentos, recebimento de passagens e diárias em valores elevados por parte de ex-presidentes e pagamento por serviços fictícios.

O procedimento foi instaurado nesta segunda-feira (21) e divulgado na última edição do Diário Oficial do órgão.

A apuração dos supostos crimes resultam de uma denúncia feita ainda em 2019 ao MPAC e ao Ministério Público Federal (MPF). Odicleia ocupava cargo na Amac e também na Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) e, por isso, supostamente recebia de forma duplicada.

Romeu Cordeiro, o promotor responsável pela instauração da investigação, disse que a servidora teria praticado algumas irregularidades, como nepotismo, por exemplo, e uso de bens públicos para benefício próprio.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.