24.3 C
Rio Branco
6 setembro 2021 9:30 am

Atlético atropela o Plácido e retoma a liderança

O Atlético Acreano retomou a ponta da tabela de classificação do Campeonato Acreano-2021

POR MANOEL FAÇANHA, NA MARCA DA CAL

O Atlético Acreano retomou a ponta da tabela de classificação do Campeonato Acreano-2021. Na noite desta quarta-feira (11), em jogo disputado no estádio Arena da Floresta, o time celeste massacrou o Plácido de Castro por 8 a 0. Daniego, Digão (2), Thomas, Ciel, Pisika e Marcelo Pano (2) fizeram os gols da vitória elástica.

Como fica

Com a vitória maiúscula sobre o Plácido de Castro, o Atlético Acreano retomou a liderança do Campeonato Acreano 2021.

O time celeste com o triunfo chegou aos 12 pontos ganhos, dois a mais que o vice-líder Humaitá. Já o Tigre do Abunã segue na penúltima posição, com apenas um ponto ganho em cinco jogos disputados.

Próximos jogos

O Galo Carijó, após retomar a liderança do Campeonato Acreano, vira a chave e volta suas atenções para a fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D.

O próximo compromisso do clube ocorre neste sábado (14), às 16 (de Brasília), no estádio da Colina, na cidade de Manaus-AM, diante do Fast Club-AM. Três dias depois, o Atlético retorna a campo para colocar a liderança em jogo do estadual diante do Humaitá.

Vivendo uma das piores crises de resultados da sua história do futebol profissional, o Plácido de Castro volta a campo no próximo sábado (14), às 17h, para encarar o Náuas, em jogo marcado para o estádio Arena da Floresta.

Resumo do jogo

Vivendo uma crise interna e colecionando resultados ruins nesta temporada, o Plácido de Castro não demorou a levar o primeiro gol. O atacante Daniego recebeu assistência na grande área e tocou a bola na saída do goleiro placidiano.

Com a “porteira aberta”, o time celeste marcou outros dois gols antes dos 15 minutos de partida, através dos jogadores Digão e Thomas.

Com o controle da partida diante de um adversário sem poder de reação, o time celeste ainda marcou outros três gols no primeiro tempo. Ciel (32 min), Digão (36 min) e Pisika (39 min).

Na volta dos vestiários, o Tigre do Abunã tentou se organizar em campo diante de um Galo menos intenso. No entanto, o time celeste ainda conseguiu espaço na defensiva placidiana e marcou duas vezes com o atacante Marcelo Pano, aos 27 e 41 minutos

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.