41.7 C
Rio Branco
21 setembro 2021 11:26 am

Família pede ajuda para acreano que sofreu gravíssimo acidente e está em estado vegetativo

Recentemente a família iniciou uma campanha nas redes sociais visando arrecadar recursos para a compra de uma cadeira de rodas adaptada

POR EDNALDO GOMES, PARA CONTILNET

Última atualização em 03/08/2021 21:47

No mês de maio deste ano, o senamadureirense Sérgio Prudêncio da Silva, de 49 anos de idade, foi encontrado desacordado na Avenida Brasil, próximo ao mercantil Madureira II, em Sena Madureira, após ter sido vítima de um acidente. Ele foi socorrido e encaminhado, num primeiro momento, para o Pronto Socorro do Hospital João Câncio Fernandes, em Sena. Logo em seguida, foi transferido para Rio Branco praticamente entre a “vida e a morte”.

De acordo com informações de familiares, Sérgio Prudêncio passou 20 dias na UTI em razão dos graves ferimentos. Foi constatado que o mesmo teve cinco costelas quebradas, ferimentos no tórax, clavícula quebrada, além de ter afetado a região cerebral.

Após sair da UTI, ele foi levado para a casa de sua irmã Ingrete Prudêncio e se encontra praticamente em estado vegetativo. “Meu irmão não anda, não fala e está se alimentando por meio de uma sonda. Na verdade, perdeu os movimentos do corpo. Toda vez que precisa de um atendimento na unidade de saúde tem que ser levado na Ambulância. Mas, apesar disso, nós vamos continuar lutando para reverter esse quadro. Acreditamos em um milagre de Deus”, comentou Ingrete.

Recentemente a família iniciou uma campanha nas redes sociais visando arrecadar recursos para a compra de uma cadeira de rodas adaptada. Tal equipamento custa 3.500 reais. “Não é uma cadeira de rodas simples. Tem que ser adaptada com suporte pra cabeça, entre outros. Ele consegue ficar sentado, mas não tem equilíbrio. Pedimos às pessoas de bom coração que nos ajude nessa empreitada. Meu irmão sempre foi um homem cheio de vida, trabalhador, ativo e hoje se encontra nessa situação. Mas, temos fé em Deus que iremos vencer”, disse ela.

Sérgio Prudêncio trabalhava em uma fazenda localizada na BR-364, entre Sena e Rio Branco.
Quem puder ajudar a família nesse momento adverso, deve ligar para o número: (68) 99965 1127.
Chave pix: 68 99965 1127 (Nubank). Está em nome de Ingrete Ferreira.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.