24.4 C
Rio Branco
14 outubro 2021 7:24 am

Taxa de emprego no Acre, redução em ICMS, arroz e feijão mais caros e mais: destaques do ContilNet nesta quarta

Fique mais informado com os destaques desta quarta-feira, 29, com as matérias disponibilizadas nas mais variadas categorias do site.

POR MARIA FERNANDA ARIVAL, PARA CONTILNET

Última atualização em 30/09/2021 14:18

Governo do Acre sanciona redução em base de cálculo de ICMS sobre produtos; saiba quais

O governador do Acre Gladson Cameli publicou nesta quarta-feira (29), o Decreto de nº 10.160, de 28 de setembro de 2021, que concede benefícios fiscais nas operações com insumos agropecuários. Saiba mais sobre o assunto.

Em CZS, Jenilson Leite fala sobre BR-364 e cobra ações efetivas: ‘É preciso dar uma estrada digna para os acreanos’

Em agenda no Juruá que começou na terça-feira (28), o deputado estadual Jenilson Leite (PSB) está em Cruzeiro do Sul nesta quarta-feira (29) e concedeu uma entrevista para o jornalista Alexandre Gomes, no Programa Bom Dia Juruá, na Rádio e TV Juruá. O parlamentar falou, entre outros assuntos, sobre a situação da BR-364, uma das principais rodovias federais do país e que desde que foi construída apresenta problemas estruturais. Leia na íntegra.

Apenas este ano, arroz e feijão ficam mais de 60% mais caros, diz levantamento

O prato mais tradicional da mesa dos brasileiros – arroz, feijão, carne, ovo, batata frita e salada – está, em média, 23% mais no país, divulgou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) em boletim desta quarta-feira (29). Os vilões desta alta são o arroz e o feijão. Leia mais.

Acre tem saldo positivo de emprego em agosto de 2021, diz Caged; veja dados

O Ministério do Trabalho e Previdência divulgou nesta quarta-feira, 29, dados do mês de agosto do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que mostram um saldo positivo de 346 pessoas empregadas no Acre. O total de admissões em agosto foram de 3.329, já os desligamentos foram de 2.983, totalizando um saldo de 346. Veja mais sobre o assunto.

Apurinãs denunciam avanço de fazendeiros na região de Boca do Acre: ‘Ameaças de morte’

Um conflito entre índios e fazendeiros da região de Boca do Acre, no sudoeste do Amazonas, pode eclodir a qualquer momento, segundo denunciam lideranças indígenas que se dizem ameaçados, inclusive de morte. São pelo menos 400 indígenas que moram em duas aldeias na região do município amazonense de Boca do Acre, na fronteira do Acre, que denunciam, além da violência, destruição e florestas e de árvore centenárias. Leia mais sobre o assunto.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!