30.3 C
Rio Branco
14 outubro 2021 10:02 am

Jarude sai em defesa de Flaviano por voto contra PL que fixa ICMS: “Competência do Estado”

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 14/10/2021 10:02

Mesmo sem citar o deputado federal Flaviano Melo (MDB), o vereador Emerson Jarude, do mesmo partido, subiu na tribuna da Câmara Federal para falar sobre a aprovação do Projeto de Lei que muda a cobrança de ICMS. Flaviano foi contra a proposta e foi criticado pelo colega de Jarude no parlamento mirim, vereador Arnaldo Barros (Podemos).

“O congresso nacional não pode legislar esperamos que em breve ele consiga baixar para trazermos um preço para baixo, o que há anos não acontece, mas não se pode ferir o pacto federal, portanto é natural que um deputado vote contrário”, disse.

A proposta aprovada na Câmara Federal na quarta-feira (14) por 392 a favor 71 contrários e 2 abstenções, deve reduzir o custo da gasolina, do etanol e do diesel em 2022.Atualmente o ICMS é um percentual entre 25% e 34% aplicado sobre o preço de venda de cada combustível, calculado quinzenalmente pelos estados.

Dos oito deputados federais do Acre, apenas Flaviano Melo  (MDB) votou contra.  Alan Rick (DEM-AC), Dra. Vanda Milani (Solidariedade-AC), Jéssica Sales (MDB-AC), Jesus Sérgio (PDT-AC), Leo de Brito (PT-AC), Mara Rocha (PSDB-AC) e Perpétua Almeida (PCdoB-AC) votaram sim.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.