30.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 11:42 am

Concursos TRE 2022: TSE publica portaria que prevê 608 vagas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou uma portaria atualizando para 608 as oportunidades que podem favorecer concursos TRE 2022.

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 25/11/2021 11:42

Se você deseja ingressar em um Tribunal Regional Eleitoral precisa ficar atento a essa notícia. O TSE divulgou uma portaria que atualiza a distribuição das vagas que poderão ser usadas em concursos TRE 2022.

O documento foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 24, e confirma as oportunidades da Justiça Eleitoral que poderão ser providas para técnico judiciário (nível médio) e analista judiciário (nível superior).

Ao todo, a portaria prevê 608 vagas, das quais:

  • 403 são destinadas ao técnico; e
  • 205 são destinadas ao analista.

Na lista, com a divisão por estado, o Sudeste é o mais contemplado. Os TREs de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais acumulam a maior parte das vagas.

Quer saber a relação completa e atualizada de provimentos que poderão acontecer na Justiça Eleitoral no próximo ano? Então veja a seguir:

Unidade Orçamentária Quantidade de cargos efetivos vagos autorizados para provimento
Analista Técnico Total
TSE 7 13 20
Acre 1 4 5
Alagoas 4 14 18
Amazonas 6 6 12
Bahia 16 22 38
Ceará 7 13 20
Distrito Federal 5 6 11
Espírito Santo 4 3 7
Goiás 6 6 12
Maranhão 4 10 14
Mato Grosso 10 6 16
Mato Grosso do Sul 4 14 18
Minas Gerais 27 60 87
Pará 9 16 25
Paraíba 1 4 5
Paraná 10 22 32
Pernambuco 6 20 26
Piauí 3 1 4
Rio de Janeiro 20 38 58
Rio Grande do Norte 1 5 6
Rio Grande do Sul 7 10 17
Rondônia 5 10 15
Santa Catarina 9 9 18
São Paulo 22 67 89
Sergipe 1 6 7
Tocantins 2 3 5
Roraima 4 7 11
Amapá 4 8 12
Total 205 403 608

 

Uma portaria publicada em maio de 2021 trouxe 364 vagas. Com isso, houve o acréscimo de 244 vagas. A distribuição ajuda na realização de novos concursos e provimento de seleções válidas.

Veja os concursos TRE que estão sem validade

Vários Tribunais Regionais Eleitorais já estão sem concurso válido. Além disso, têm provimentos autorizados pelo TSE e, por isso, poderão anunciar em breve a divulgação de novos editais em 2022.

A lista conta com vários estados, sendo: Acre, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins.

Veja a seguir quais são os tribunais que não têm concursos vigentes:

  • TRE-AL – validade encerrada em julho de 2014
  • TRE-AM – validade encerrada em março de 2018
  • TRE-CE – validade encerrada em 2016
  • TRE-MS – validade encerrada em setembro de 2017
  • TRE-RN – validade encerrada em 2015
  • TRE-RO – validade encerrada em março de 2018
  • TRE-GO – validade encerrada em julho de 2019
  • TRE-ES – validade encerrada em julho de 2015
  • TRE-MG – validade encerrada em agosto de 2019
  • TRE-RR – validade encerrada em dezembro de 2019
  • TRE-MA –  validade encerrada em dezembro de 2019
  • TRE-AP – validade encerrada em dezembro de 2019
  • TRE-AC – validade encerrada em dezembro de 2019
  • TRE-PI – encerrada em meados de 2020
  • TRE-RS –  encerrada em março de 2020
  • TRE-SE – encerrada em fevereiro de 2020

Alguns tribunais, inclusive, já sinalizaram o interesse em realizar novos concursos TRE. Entre eles estão o TRE AM e o TRE AL, que poderão ter editais em breve.

Concurso TSE: órgão estuda edital unificado; entenda!

Outra notícia importante é que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou à Folha Dirigida que existem estudos para a realização de um concurso unificado. Dessa forma, o edital contemplaria toda a Justiça Eleitoral.

Segundo a área técnica do órgão, está sendo verificada a viabilidade de publicar o edital em 2023.

Ainda nesta semana, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo manifestou interesse em participar deste concurso unificado do TSE.

É importante destacar que o TSE realizou uma primeira consulta com os Tribunais Regionais. O órgão principal da Justiça Eleitoral questionou a situação dos concursos regionais e solicita a possibilidade da unificada acontecer em 2023.

“De acordo com a nossa área técnica, estão sendo realizados estudos para verificar a viabilidade de se realizar um concurso público unificado para toda a Justiça Eleitoral no exercício financeiro de 2023. Contudo, ainda não há nenhuma definição”,  é o que consta em nota enviada pelo tribunal à reportagem da Folha Dirigida.

Mas, o que é o concurso unificado?

O concurso unificado nada mais é do que um único edital publicado com oportunidades para o TSE e outros Tribunais Regionais Eleitorais pelo país, que apontem a necessidade de reposição de pessoal.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.