30.3 C
Rio Branco
24 novembro 2021 3:41 pm

Serasa diz que 5,8 milhões de empresas brasileiras estão inadimplentes

O mesmo balanço também aponta quem foram os bancos que obtiveram os maiores lucros; saiba quais são

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 11/11/2021 17:11

O Serasa, serviço de banco de dados dos maus pagadores do país, fundado em 1968 numa parceria entre a Associação de Bancos do Estado de São Paulo (ASSOBESP) e a Federação Brasileira das Associações de Bancos (FENABRAN), divulgou dados nesta quinta-feira (12) informando que pelo menos 5,8 milhões de empresas brasileiras estão inadimplentes. Trata-se de um reflexo de crise na economia nos últimos dois e as dívidas somaram R$ 245 bilhões em setembro.

No terceiro trimestre de 2021, no entanto, o lucro consolidado dos quatro maiores bancos de capital aberto é o terceiro maior desde o 4º trimestre de 2006, data do primeiro balanço do Santander. A mediana do ROE (retorno sobre capital líquido) voltou aos níveis pré-pandemia, que já batiam médias históricas.

Os cálculos foram efetuados utilizando os dados dos balanços entregues pelos bancos à CVM, com base na Carta-Circular BACEN nº 3.447/10. O lucro consolidado foi de R$ 21,3 bilhões. Antes dele, o maior lucro havia sido no 2º trimestre de 2021, com R$ 23,1 bilhões e no 4º trimestre de 2019, com R$ 21,8 bilhões.

O lucro no 3º trimestre de 2021 registra crescimento de 36,75% em relação ao mesmo período de 2020. O Bradesco tem o maior lucro (com R$ 6,64 bilhões), seguido por Itaú Unibanco (com R$ 5,78 bilhões), Banco do Brasil (com R$ 4,60 bilhões) e Santander (com R$ 4,27 bilhões). O crescimento do lucro, em relação ao 3º trimestre de 2020, foi de 58,6% para o Bradesco, 49,4% para o Banco do Brasil, 28,7% para o Itaú e 12,2% para o Santander.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.