33.3 C
Rio Branco
13 agosto 2022 5:05 pm

Delegados conseguem reajuste de 7% e agentes da Civil tentam negociar auxílios de R$ 1 mil

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 31/03/2022 17:45

Os agentes de Polícia Civil, que a princípio haviam dito que abririam mão do auxílio alimentação proposto pelo Governo por não contemplar os aposentados, mudaram de ideia.

Agora, além de aceitarem, eles querem também que o Governo complemente os benefícios concedendo também um auxílio Saúde de R$ 580,00, totalizando R$ 1 mil.

Sem sucesso na negociação referente a reposição salarial, a intenção é conseguir um auxílio que traga alguma compensação.

“A saúde de um policial militar não pode valer mais que a de um policial civil”, afirma o delegado Pedro Rezende, referindo-se ao fato de o Governo conceder o auxílio Saúde que varia de R$ 600 a R$ 2 mil.

Além disso, delegados conseguiram avançar nas negociações de reajuste, agora o aumento que antes seria de 5,42%, será de 7%. “Não é o ideal, mas já é um avanço”, diz Rezende. Eles continuam abrindo mão do auxílio alimentação.

Durante todo o dia, servidores  de diversas categorias  tentam negociar melhorias no reajuste linear de 5,42% oferecido pelo Governo.  A expectativa  é que seja votado na noite  desta quinta-feira (31).

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.