26.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 11:50 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Exclusivo: em reunião com novo chefe da Casa Civil, Gladson diz que Marcio Bittar será seu sucessor

O Blog do Ton é assinado pelo jornalista Ton Lindoso, editor-chefe do ContilNet, e traz os bastidores da política acreana, comunicação e sociedade

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 29/03/2022 14:34

Durante agendas governamentais que discutem as novas composições dos altos escalões do Governo do Acre no período que antecede as Eleições 2022, o governador Gladson Cameli deixou escapar, com exclusividade, que ambiciona uma transição e que o senador Marcio Bittar (UB-AC) poderá disputar, em próximas eleições, o Governo do Acre com seu apoio.

Durante agendas nesta terça-feira (29), o governador deixou claro que as chances de rompimento com Bittar são zero e que tem o desejo de pensar em uma transição. “Eu penso, hoje, no senador Marcio Bittar como o meu sucessor. Tenho uma gratidão mais do que especial ao trabalho que ele vem desenvolvendo. Tem honrado nosso estado, honrado nosso grupo, com ações que vão para além das nossas expectativas”.

Gladson reitera que é pré-candidato à reeleição e só não vai para o jogo ‘se Deus não quiser’. Sua missão, esta semana, é planejar estrategicamente e colocar as coisas para funcionar dentro do grupo, que deve passar por mudanças. “Agora, o que precisamos ter é bastante cuidado. Temos discutido continuamente as questões jurídicas que envolvem esse processo. Não vamos para a disputar para ganhar e não levar”.

Reuniões acontecem continuamente e definem pormenores das Eleições 2022. Foto: ContilNet

Rômulo Grandidier

Um de seus aliados de primeira hora, Rômulo se descompatibiliza para missão ainda a ser definida e conversada dentro do grupo. Gladson trata seu afastamento como temporário. Filiado ao PSDB, Rômulo pode vir à uma candidatura à Câmara Federal ou pode coordenar a campanha de reeleição do governador.

Rômulo Grandidier²

Sobre Rômulo estar no páreo para o jogo de vice-governador em sua chapa, Gladson diz que essa questão é pessoal, para evitar futuros problemas que acabariam afetando os acreanos: “Não posso correr esse risco novamente. Respeito todos os nomes até aqui postos, mas essa é uma decisão pessoal”.

Jonatan Donadoni

Sobre o novo chefe da Casa Civil, Gladson disse que ele tem missão de ser o novo aporte do Governo nas questões administrativas e legais. “Mas Jonatan tem, também, um excelente feeling político. Estamos muito felizes com as novas mudanças”.

Esconder a chave

“Como vou considerar a possibilidade de perder um aliado desse porte? É mais fácil eu colocar um cadeado nele e esconder a chave”. Comentário do governador Gladson Cameli sobre o senador Marcio Bittar.

Petecão

Gladson ainda falou sobre Petecão, demais candidaturas ao Governo do Acre e pormenores das últimas reuniões que definem as peças do quebra-cabeça nessas eleições. Você confere essas informações a qualquer momento no nosso site.

Vanda Milani

Outra informação que pode movimentar os bastidores da política é a possível articulação que pode colocar Vanda Milani como suplente de Márcia Bittar no Senado da República. Essa articulação e a articulação envolvendo o nome do filho, Israel Milani, você confere na coluna de hoje, atualizada. Link abaixo.

Vanda Milani²

Vanda teria sido convidada pela executiva do MDB para ser vice de Mara Rocha. O caldo dessas eleições começa a ferver.

ACESSE O BLOG DO TON E FIQUE POR DENTRO DOS BASTIDORES DA POLÍTICA ACREANA.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.