20 de fevereiro de 2024

Homem mata esposa com 12 facadas, põe fogo em carro e tenta se matar

Homem foi preso após esfaquear a esposa, no Jardim Ângela, fugir de carro e tentar se jogar de rodovia, na tarde desse domingo (26/11)

imagem colorida de viatura da Polícia Civil de São Paulo (SP). A foto é de um carro preto, com a imagem do logo da Polícia Civil na porta do motorista - Metrópoles

São Paulo — Um homem de 42 anos foi preso após matar sua companheira, de 38, a facadas, no bairro Jardim Ângela, zona sul de São Paulo, na tarde desse domingo (26/11). Após o crime, ele fugiu de carro, ateou fogo no veículo e tentou se jogar de uma rodovia.

A vítima foi encontrada morta dentro de casa com lesões de faca, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP). O homem, que é motorista de aplicativo, teria dado 12 facadas na companheira.

Depois do crime, ainda segundo a SSP, o indiciado fugiu do local no sentido litoral. Policiais militares rastrearam o carro e o localizaram na Rodovia dos Imigrantes.

Segundo a polícia, o automóvel estava em chamas e o homem estava no parapeito da rodovia, tentando tirar a própria vida. Ele disse que comprou gasolina em um posto para atear fogo no carro.

Ele foi contido e conduzido ao Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), onde o caso foi registrado como feminicídio e incêndio. O indiciado permaneceu à disposição da Justiça, informou a SSP.

PUBLICIDADE