21 de abril de 2024

Após auditoria, Acre pode receber habilitação para exportar carne bovina para a China

Para exportar a carne, o estado precisa atender uma série de critérios do mercado chinês

O frigorífico Frisacre passou por uma auditoria na manhã desta quinta-feira (25), para uma possível habilitação de exportação de carne bovina para a China, maior comprador de carne do Brasil.

A auditoria aconteceu de forma virtual e foi conduzida por auditores da Administração-Geral de Aduanas da República da China (GACC) e acompanhada por auditores do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA).

A china é o maior consumidor de carne bovina do mundo/ Foto: TV TEM

Com a possível habilitação, o Acre, que hoje tem um rebanho de cinco milhões de cabeças de boi, terá a abertura de um novo mercado de exportação para a carne bovina.

Conhecido como Boi “China”, o termo se refere ao gado da raça Nelore, que para ser exportado, precisa atender ao padrão exigido pelo mercado chinês, que é: ter menos de 30 meses, no máximo quatro dentes molares na boca e estar com a saúde em dia.

A arroba do Boi China costuma ser comercializada em média, R$ 10 a mais do que o preço praticado pelo mercado da carne bovina nacional.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost