20 de abril de 2024

“Vovô Irineu” livro sobre a Doutrina do Daime será lançado em Porto Velho para comunidade eclética

A obra espírita é uma das mais vendidas nas livrarias do Acre, São Luiz e Brasília.

Depois do sucesso de lançamento em Rio Branco, São Luiz (MA), Timon (PI), Goiânia (GO) e Brasília, o autor Jairo Carioca segue para Porto Velho, onde lança, dia 3, o livro sobre a Doutrina do Daime e a história do “Vovô Irineu”. O evento será no Centro Eclético Corrente da Luz Universal, CECLU, as 17 horas. A obra espírita é uma das mais vendidas nas livrarias do Acre, São Luiz e Brasília.

Para seguidores de Porto Velho, a obra apresenta capítulo de destaque onde o autor descreve a relação do Mestre Irineu com os irmãos de Porto Velho, entre eles, Antônio Sapateiro, assim denominado pelo trabalho que exercia na fabricação de sapatos, atividade que o tornou sapateiro oficial do Mestre Irineu. Fala também de José Vieira, um homem intelectual que redigiu, a pedido de Irineu Serra o estatuto oficial do Centro de Iluminação Cristã Luz Universal (CICLU), instituído em julho de 1971.

Livro foi sucesso em Rio Branco/Foto: ContilNet

“É pelas mãos de José Vieira que finaliza um ciclo importante de fundamentação da Doutrina, um esforço do Mestre Irineu desde o início de construção de seus trabalhos espirituais, concluído dias antes de sua passagem espiritual. Outra amizade construída nesta época que merece destaque foi do líder espiritual com o casal Virgílio e Francisca Nogueira. Seu Virgílio passou a ser o homem de confiança no transporte do Daime entre as cidades de Rio Branco e Porto Velho. O núcleo era dirigido por seu Regino Silva, mais tarde, passa a se chamar Centro Eclético Correntes da Luz Universal (CECLU) já no comando do seu Virgílio Nogueira”, acrescenta o autor.

Carioca afirma que a instituição do CECLU em Porto Velho é um ponto de apoio para o pensamento de expansão idealizado pelo fundador da Doutrina do Daime na década de 1970. “Existem cartas escritas na época que narram esses fatos tendo José Vieira como mensageiro e interlocutor entre o grupo liderado por seu Regino e, mais tarde, seu Virgílio e dona Francisca e o Mestre Irineu. Esse é outro capítulo importante na história dessa escola espiritual”, relatou Carioca.

A obra espírita é uma das mais vendidas nas livrarias do Acre, São Luiz e Brasília/Foto: cedida

Porto Velho, assim como outras capitais brasileiras, passou pelo processo de expansão dos grupos que cultuam com o uso da ayahuasca ou Santo Daime, movimento que alguns pesquisadores classificam como “exportação” ou transição da Ayahuasca da Floresta para os centros urbanos. Beatriz Labate escreveu sobre a reinvenção do uso da ayahuasca.

“O que nos move em todo esse processo é o amor e o respeito que todos têm, especialmente em Porto Velho, pelo Mestre Irineu, a madrinha Peregrina e aos trabalhos oficializados na Doutrina. Os objetivos desta obra se assentam nesse público, de seguidores que defendem o bom uso do Daime, o replantar Santas Doutrinas” concluiu o autor.

A obra “Vovô Irineu” todos vão se recordar e começar do abc é constituída de 310 páginas. Foi impressa pela editora Chico Xavier em Minas Gerais. Além do Brasil, a primeira edição já chegou aos Estados Unidos, Canadá, Chile, Paraguai e Glasgow.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost