Concurso Nacional Unificado: novo cronograma será anunciado ainda em junho!

Vale lembrar que a aplicação das provas objetivas e discursivas foi remarcada para 18 de agosto

De acordo com fonte do Ministério da Gestão e Inovação (MGI), um novo cronograma para a realização das etapas do certame deve ser publicado até o final do mês de junho. Vale lembrar que a aplicação das provas objetivas e discursivas foi remarcada para 18 de agosto, no entanto, os demais eventos ainda aguadam definição.

 Foto: Reprodução/Unsplash (editado por TechTudo)

As provas do primeiro Concurso Nacional Unificado foram adiadas em decorrência do estado de calamidade pública enfretado pelo Rio Grande do Sul. Sobre isso, a fonte do MGI ouvida pelo Direção acrescentou que a equipe técnica do governo retornou com boas notícias sobre a situação no estado.

Na ocasião da remarcação da etapa, o MGI informou que os cadernos de prova a serem aplicados em 18 de agosto serão os mesmos distribuídos anteriormente, já que não houve qualquer espécie de violação nos lacres dos malotes.

As avaliações acontecerão em em 228 municípios de todas as regiões do país para mais de 2,1 milhões de candidatos inscritos.

Panorama do Concurso Nacional Unificado

O Concurso Nacional Unificado oferta 6.640 vagas de níveis médio e superior de formação para 21 órgãos e entidades do Executivo Federal.

As oportunidades estão distribuídas em 8 blocos temáticos, segmentados conforme mostrado abaixo:

  • Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias: 727 vagas;
  • Bloco 2 – Tecnologia, Dados, e Informação: 597 vagas;
  • Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas: 530 vagas;
  • Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor: 971 vagas;
  • Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: 1.016 vagas;
  • Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação: 359 vagas;
  • Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública: 1.748 vagas;
  • Bloco 8 – Nível Intermediário: 692 vagas.

Os aprovados no certame receberão salários iniciais que variam entre R$ 5.866,69 (Técnico do IBGE) e R$ 22.921,71 (Auditor Fiscal do Trabalho).

Segundo o edital, as provas objetivas e discursivas serão aplicadas simultaneamente, para todos os cargos, em dois turnos, sendo:

  • Turno matutino (2h30 de prova)
    • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;
    • Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.
  • Turno Vespertino (3h30 de prova)
    • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);
    • Nível médio: provas objetivas (40 questões).

A previsão do governo federal é que as mesmas provas que já foram impressas e seriam aplicadas em 5 de maio sejam aplicadas no dia 18 de agosto.

Resumo do Concurso Nacional Unificado

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost