Bakiri, uma marca de sandálias que nasce com o DNA da Amazônia para o mundo

Os produtos trazem o conceito de valorização de uma das maiores biodiversidades do planeta e a prática sustentável

As sandálias Bakiri trazem o conceito de valorização de uma das maiores biodiversidades do planeta/Foto: reprodução.

Os rios e a borracha da Amazônia, duas de suas maiores riquezas, inspiraram a criação de um novo produto que chega às gôndolas dos grandes supermercados de Rio Branco nos próximos dias. As sandálias Bakiri trazem o conceito de valorização de uma das maiores biodiversidades do planeta e a prática sustentável, de respeito ao meio ambiente ao usar planta industrial que aproveita 100% do material usado na confecção do produto evitando a geração de sobras.

As ilustrações dos chinelos ou sandálias, como são conhecidos nas regiões Norte e Nordeste do país, são de calçados que reforçam a identidade cultural e ambiental da região amazônica. A fábrica tem capacidade para produzir nos primeiros três meses, 25 mil pares mensalmente. Já para o segundo trimestre a expectativa é chegar a fabricar oito mil pares de chinelos por dia.
A empresa lançou a campanha em outdoor em Rio Branco neste sábado (07), para apresentar o produto. Para conhecer melhor os chinelos Bakiri, o usuário pode acessar a página da empresa no Facebook: https://www.facebook.com/sandaliasbakiri.

Este slideshow necessita de JavaScript.

comentários

Veja também