Adolescente de 15 anos morre após choque entre caminhão e moto em Mâncio Lima

O caminhão, que presta serviço de limpeza pública para a prefeitura, era conduzido por Leonardo Lima

A adolescente Maria Lidiane da Silva, de 15 anos, morreu e seu irmão Marcelo da Silva foi levado em estado grave para o Hospital do Juruá, após a moto em que eles trafegavam colidir com um caminhão. O caso aconteceu no fim da manhã desta quarta-feira (19), em um cruzamento próximo ao quartel da Polícia Militar em Mâncio Lima, interior do Acre.

O caminhão, que presta serviço de limpeza pública para a prefeitura, era conduzido por Leonardo Lima. Após o acidente, ele fugiu do local, mas, segundo a Polícia Civil, se apresentou horas depois acompanhado do advogado e prestou depoimento.

“Segundo o motorista, ele trafegava na rua principal, quando o motociclista saiu de uma rua transversal e não deu preferência. Ele disse que só ouviu o barulho do freio e quando olhou no retrovisor já viu a moto batendo no lado esquerdo da carroceria do caminhão”, explica o delegado Vinícius Almeida, responsável pelo caso.

Com o impacto, Maria Lidiane e o irmão foram arremessados. Ela morreu no local, já o irmão foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para Cruzeiro do Sul, onde foi diagnosticado com traumatismo craniano. Após prestar depoimento, o motorista do caminhão foi liberado.

O delegado diz que vai esperar o resultado do laudo pericial para dar andamento ao inquérito. Entretanto, segundo ele, indícios apontam que a responsabilidade pelo acidente tenha sido do condutor da moto, que não possui habilitação e teria invadido a preferencial.

Irmão das vítimas do acidente, Júlio Reinaldo da Silva, de 24 anos, confirmou que Marcelo não possuía permissão para conduzir veículos. Ele, porém, diz que vai aguardar o resultado da investigação.

“Não sei ao certo o que aconteceu. Só sei que minha irmã faleceu e meu irmão está em estado grave na UTI. Meu irmão não é habilitado e estava em nossa moto. Vou esperar a investigação para saber quem foi o culpado pelo acidente”, disse.

O corpo da vítima foi conduzido ao IML de Cruzeiro do Sul e após ser liberado deve ser velado na casa da família em Mâncio Lima, onde deverá ser sepultado por volta das 11 horas de quinta-feira (20), no cemitério da comunidade.

 

comentários

Outras Notícias

Veja também