Rio Branco, Acre,


Deputada quer implantação do “Botão do Pânico” no combate à violência contra a mulher

“Trata-se de um aparelho tecnológico simples, barato e eficaz", diz Sinhasique

sinhasiqueeducacao
Deputada Eliane Sinhasique

A peemedebista Eliane Sinhasique apresentou, na manhã desta quarta-feira (23), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), indicação de anteprojeto que dispões sobre a distribuição do “Botão do Pânico”, que é um dispositivo utilizado em vários outros estados no combate à violência doméstica.

“Trata-se de um aparelho tecnológico simples, barato e eficaz, em que em apenas três segundos a autoridade competente receberá a informação georreferenciada pelo GPS. O dispositivo permite inclusive gravação de áudio, e tem custo estimado em R$80, a unidade”, justificou a parlamentar.

PUBLICIDADE

A mulher com histórico de agressão recebe o aparelho e para que a polícia seja acionada, em caso de ameaça de maridos, companheiros ou namorados, basta que aperte o botão. Os Estados do Espírito Santo, de São Paulo, da Bahia, do Paraná, de Manaus e do Ceará já aderiram ao dispositivo e conseguiram reduzir os números de violência doméstica.

O botão é o instrumento que falta para que a medida protetiva se cumpra. “A distribuição do dispositivo assegura que a vítima não vai sofrer novas violências, nem correr risco de vida pelo agressor, principalmente aqueles que tem que manter distância por determinação da Justiça, e muitas vezes não cumprem pela falta de condição de controle”.

O uso do dispositivo será determinado pelo Poder Judiciário, que selecionará os casos de mulheres agredidas que necessitam de uma vigilância mais rigorosa da aproximação do agressor. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up