Rio Branco, Acre,


Obama e Putin concordam em solução política para a Síria

A fonte disse que o encontro, o primeiro formal entre os dois em mais de dois anos e que durou 95 minutos, foi “cordial” e que Obama e Putin dedicaram a primeira metade à crise na Ucrânia e a outra, à Síria.

Putin e Obama conversam, durante a Cúpula da ONU, sobre a situação síria EPA/Agência Lusa/Direitos Reservados
Putin e Obama conversam, durante a Cúpula da ONU, sobre a situação síria EPA/Agência Lusa/Direitos Reservados

Os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, e Rússia, Vladimir Putin, concordaram sobre a necessidade de encontrar uma “solução política” para o conflito na Síria, mas discordam sobre o papel de Bashar Al Assad.

Durante reunião na sede das Nações Unidas (ONU), os dois líderes acordaram em melhorar a comunicação militar entre seus países, de acordo com um alto funcionário norte-americano que pediu para manter o anonimato.

PUBLICIDADE

A fonte disse que o encontro, o primeiro formal entre os dois em mais de dois anos e que durou 95 minutos, foi “cordial” e que Obama e Putin dedicaram a primeira metade à crise na Ucrânia e a outra, à Síria.

Sobre a Síria, o alto funcionário disse que Obama e Putin estão fundamentalmente em desacordo sobre o papel que deve caber ao presidente sírio na resolução da crise.

“Creio que os russos entenderam, sem dúvida, a importância de que haja uma solução política na Síria e um processo que busque essa solução”, mas “temos diferenças sobre o que seria o resultado desse processo”, em particular no que diz respeito a Bashar Al Assad, disse o funcionário.

A mesma fonte indicou que os Estados Unidos não consideram necessariamente destrutiva uma maior presença militar russa na Síria, desde que não sirva para fortalecer o regime de Assad “contra o seu próprio povo”.

No final desta reunião, Vladimir Putin, admitiu, em declarações aos jornalistas, realizar ataques aéreos na Síria, mas excluiu o envio de tropas terrestres para lá.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up