Rio Branco, Acre,


Funasa libera mais de R$ 2 milhões para obras de saneamento básico no Acre

Recursos foram disponibilizados na última sexta-feira na conta do Depasa pelo governo federal

Os municípios de Plácido de Castro, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Sena Madureira serão beneficiados, a partir deste mês, com obras de ampliação e melhorias em sistemas de abastecimento de água e drenagem para controle de malária. Os recursos da Funasa, que financia as obras, foram liberados na última sexta-feira, 17, e já estão na conta do Depasa Acre.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 20, pelo superintende regional da Funasa, Raphael Bastos, que comemora as primeiras liberações da gestão do presidente interino Michel Temer para o órgão no Estado.

PUBLICIDADE

Para Plácido de Castro foram liberados R$ 872 mil. Para Rodrigues Alves R$ 191 mil e Mâncio Lima R$ 129 mil. Além disso, de Sena Madureira também teve garantida liberação de recursos da ordem de R$ 810 mil para obras de drenagem para controle da malária no município. Recursos estes que também já estão na conta do Depasa.

“São obras de vital importância para municípios com população de até 50.000 habitantes. O objetivo da Funasa, com essas ações é fomentar a implantação de sistemas de abastecimento de água para controle de doenças, visando contribuir para a redução da morbimortalidade – provocada por doenças de veiculação hídrica – e para o aumento da expectativa de vida e da produtividade da população”, destaca Raphael Bastos.

No caso dos municípios de Plácido de Castro, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, serão realizadas obras para melhoria do abastecimento de água, que deverão seguir as orientações da Funasa.

“Estamos trabalhando para garantir que os municípios do nosso Estado sigam recebendo recursos do governo federal para viabilizar obras na área de saneamento e infraestrutura. Somente este mês já garantimos mais de R$ 2 milhões que estão na conta do Depasa e assim permitirmos que as obras sejam realizadas durante o chamado verão amazônico, sem prejuízo das ações das prefeituras e do Estado”, disse Raphael Bastos. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up