Após suposto toque de recolher do crime, polícia intensifica atividades no Bujari


O prefeito Romualdo Araújo disse apenas que as medidas foram adotadas “por precaução”,

AC JORNAL

Os alunos das escolas públicas no município do Bujari serão liberados mais cedo. O transporte escolar está alertado a deixar as crianças antes das 18 horas em suas casas. Os prédios públicos estarão guarnecidos a partir deste horário por um efetivo reforçado da Polícia Militar. Estas foram algumas das decisões tomadas em reunião emergencial do prefeito Romualdo Araújo com o comandante da PM na cidade, o segundo-tenente Edmundo. Um toque de recolher teria sido dado por criminosos.

Polícia passou a noite em atividade no município /Foto: Reprodução

A atividade coordenada pelo delegado Pedro Resende e equipe da Polícia Civil, juntamente com o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope), reforçou às ações de monitoramento e combate ao crime durante toda a madrugada.

O prefeito, no entanto, disse apenas que as medidas foram adotadas “por precaução”, considerando que o município vizinho, Sena Madureira, foi alvo da ação criminosa nas noites passadas. “Pedimos socorro, sim, à Polícia Militar, e acreditamos que a nossa cidade estará bem guardada”, disse o prefeito. Diretores de escolas, professores e gestores das demais secretarias municipais reforçam uma espécie de corrente com a finalidade de evitar a exposição dos cidadãos sem necessidade.

Enfrentamento obedece a um plano estratégico rigoroso e cirúrgico /Foto: Reprodução

O tenente coronel Dantas avaliou os bons resultados das operações contra a criminalidade, sobretudo em cidades como Porto Acre, Sena e Tarauacá. O oficial disse que o enfrentamento obedece a um plano estratégico rigoroso e cirúrgico, para inibir qualquer atitude suspeita. “É importante a compreensão e a ajuda da comunidade em momentos difíceis como este. Nós estamos nas ruas. A segurança de todos também depende de uma conscientização em massa, a fim de que as famílias tomem as precauções já orientadas. As forças de segurança do Acre darão as respostas necessárias para manter a ordem pública”, disse o militar.

comentários

Outras Notícias

Veja Também