Com questionário, PCC faz “censo” e avalia comida, atendimento jurídico e nomes de diretores de presídios


As informações obtidas nas penitenciárias também são usadas pelo PCC para realizar denúncias de maus tratos nas prisões contra o Estado brasileiro

UOL

A facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) criou um questionário com 42 perguntas com o objetivo de mapear e obter informações sobre a rotina e a segurança das prisões brasileiras.

Investigadores da Operação Echelon descobriram o mapeamento ao interceptarem um telefonema ocorrido no dia 6 de setembro de 2017 entre o líder do PCC no Paraná, Jaderson Gonçalves, e um interlocutor não identificado.

Conhecido pelos apelidos “Pitter”, “Petter”, “Pedro Henrique”, “Jon Piter” e “Guaíra”, o criminoso está preso e mesmo assim obteve acesso a um celular na Penitenciária Estadual de Piraquara I, localizada na região metropolitana de Curitiba.

Leia matéria completa no UOL

Chefe do PCC fez mapeamento a partir da Penitenciária Estadual de Piraquara (PR)

comentários

Outras Notícias

Veja Também