Moradores de diversas localidades da capital denunciam falta de água por parte do Depasa


O órgão informou que está havendo obras de intervenção em vários bairros e, em breve, o problema deverá ser solucionado

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Na manhã desta quinta-feira (22), um morador denunciou ao ContilNet que, há vários dias, estão sem receber o abastecimento de água pela equipe do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa) na Cohab do Bosque. Segundo o morador, várias pessoas não tem condições de comprar um caminhão pipa de água para solucionar o problema.

Moradores reclama da falta de água/Foto: ilustrativa- reprodução

De acordo com o relato do denunciante, “liguei no Depasa em busca de informações e a resposta que obtive é que eles estão recebendo várias ligações dos moradores pela falta d’agua”, diz. No entanto, como resposta, o órgão lhe informou que, “o problema não foi identificado e que o prazo para o fiscal fazer a vistoria, seria de 30 dias”, enfatizou.

O homem frisou que a situação é caótica, tendo em vista que muitos não dispõem de recursos financeiros para abastecer suas residências através de caminhão pipa. “1.000 litros de água custam, em média, R$ 40 reais”, reclamou.

Contudo, o problema da falta regular de abastecimento de água em vários bairros da cidade, não é novidade. Várias reclamações são recorrentes. Na semana passada, um internauta havia dito que no bairro Raimundo Melo, parte alta da cidade, há uma semana que não caia água nas torneiras. Já nos bairros Mocinha Magalhães, Rui Lino e Joafra, o problema persiste há, pelo menos, cinco dias: “o último dia que caiu água aqui no Mocinha foi domingo. Estou pegando água do meu vizinho aqui”, diz Dora Capper.

Resposta do Depasa

A reportagem entrou em contato com a assessoria do Depasa para buscar esclarecimentos acerca das denúncias. Fomos informados que, na parte alta da cidade e na Cohab do Bosque, o problema do abastecimento deve ser resolvido assim que as obras de intervenções forem concluídas. “Na Cohab, vamos normalizar em breve, mas em alguns cantos, caiu dia sim e dia não. Com relação à parte alta, está havendo a troca da rede de distribuição”, declarou.

Com relação à falta de água nos demais bairros mencionados na matéria, o órgão informou que: “estamos com um problema de uma bomba adutora ter quebrado. Com isso, está afetando em diversos bairros da capital, pois a vazão está ocorrendo lentamente, fazendo com que a água não chegue às torneiras de algumas pessoas. O Depasa trabalha na recuperação dessa bomba e a previsão é de que até o fim da tarde de hoje ou no início da manhã de sexta-feira (23) a distribuição de água volte à normalidade”, declarou.

comentários

Outras Notícias

Veja Também