Moradores de Porto Acre afirmam que foram abandonados por prefeito


Vídeo mostra situação difícil que produtores enfrentam para escoar seus produtos

SALOMÃO MATOS, DO CONTILNET

Os moradores do municipio de Porto Acre, cidade distante pouco mais de 50 km de Rio Branco, reclamam que, desde que assumiu a administração há dois anos, o prefeito Bené Damasceno (PROS) não tem feito outra coisa além de mandar executar alguns serviços de capina e pintura de meio-fio nas áreas urbanas das Vilas do Incra e V, numa clara tentativa, dizem os munícipes, de tentar mostrar serviço.

Paralelo a esses trabalhos, os moradores reclamam que agora também pagam o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e não veem o dinheiro da arrecadação aplicado em melhoria das vias, saneamento básico e os ramais foram literalmente esquecidos.

Moradores de Porto Acre cobram providencias/Foto: reprodução

Circula nas redes sociais, por exemplo, um pequeno vídeo onde mostra o descaso e o abandono do produtor rural, por parte do prefeito Bené, que no período das chuvas ficam isolados a maior parte do ano.

Veja o vídeo clicando aqui.

Ninguém sabe sequer onde estão sendo aplicados os milhões de reais que vem do Governo Federal através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Aqui, todos os vereadores são omissos e comem da mesma gamela do prefeito Bené e ninguém fiscaliza absolutamente nada”, diz o colono Antônio Maciel que reside no ramal Pico do Meio.

No vídeo gravado pelos moradores no ramal do Leonardo, que faz junção com o referido ramal do Pico do Meio, mostra que as pontes estão destruídas e, de forma paliativa, a prefeitura mandou construir alguns desvios, que segundo os próprios produtores rurais, irão se desmanchar com a chegada do inverno amazônico.

Procurado em sua residência para falar sobre o assunto, tendo em vista que faz dias que o prefeito Bené Damasceno, dizem os funcionários, não aparece na sede municipal para dar expediente, ele também não foi localizado.

A reportagem do ContilNet perguntou ainda a alguns moradores de Porto Acre, se alguém poderia informar do paradeiro do prefeito. Pedindo para não terem os seus nomes revelados na reportagem, disseram que a única maneira de encontra Bené Damasceno é durante os finais de semana, quando ele é assíduo frequentador de arraiais, arrematando galinhas em leilões e jogando bingo.

comentários

Outras Notícias

Veja Também