Política, prestação de serviços e mais: tudo que você precisa saber para começar o dia


As notícias que você precisa saber nesta manhã para ficar bem informado

TON LINDOSO, DO CONTILNET

A partir desta quarta-feira (5), a reportagem do ContilNet vai separar as principais notícias da manhã para você começar o dia bem informado.

Previsão do tempo

Previsão/Foto: Reprodução

Para esta quarta-feira (05), de acordo com Davi Friale, a previsão é de sol, nuvens e a possibilidade de chuvas é baixa. E fique tranquilo: chuvas – de acordo com ele – só em pontos isolados.

Acesse nossa previsão completa!

Nova facção

Foto: Reprodução

Primeiro Comando do Panda (PCP): esse é o nome da facção que surgiu nos presídios de Rondônia e que ligou o sinal amarelo das autoridades locais. “Segundo as primeiras informações, a nova facção é aliada do PCC em Rondônia, um dos nove estados brasileiros onde o PCC disputa, diretamente com o Comando Vermelho, o controle das rotas e do comércio de tráfico de drogas e armas”, noticiou ContilNet na terça-feira.

O objetivo dela é se fortalecer e extinguir o grupo rival. A reportagem completa está disponível AQUI.

WhatsApp: o culpado da Aids

Foto: Ilustração

De acordo com o deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), o aumento dos casos de Aids no Acre está correlacionado aos aplicativos, como Whatsapp, de mensagens instantâneas, e Tinder, de paquera.

O lamento foi feito na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac).

Contas de Bolsonaro aprovadas

Foto: Ilustração

De acordo com sites nacionais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na noite de terça-feira (04), as contas de campanha do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB).

A diplomação de Bolsonaro está marcada para o próximo dia 10. A aprovação foi feita com ressalvas.

Impeachment de governador do Rio

Rio de Janeiro: militares seguem operando na favela da Rocinha para combater confrontos entre facções de traficantes de drogas/Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

No Rio de Janeiro, o governador Luiz Fernando Pezão não pode mais exercer o seu cargo. A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou ontem o pedido de abertura de impeachment contra o governador e contra o vice, Francisco Dornelles (PP). Pezão foi preso na quinta-feira (29) na Operação Boca de Lobo, da PF.

Dornelles assumiu o Palácio Guanabara no mesmo dia da prisão. A assessoria da Casa informou que “o rito do processo de impeachment será decidido nesta quarta e deverá reproduzir o adotado por ocasião do julgamento do impeachment do governador do Amapá, João Capiberibe, em 1998, o único caso envolvendo um governador desde a Constituição de 1988”.

Lula livre

Foto: Reprodução

O julgamento do pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi suspenso nesta terça-feira (04). Isso aconteceu após um um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes.

“A solicitação foi feita quando já havia dois votos contrários ao recurso apresentado pelos advogados do petista, que alega a parcialidade do juiz federal Sergio Moro, pede a libertação de Lula e a anulação da condenação na Operação Lava Jato”, noticiou o portal Terra.

Outras Notícias

Veja Também