Rio Branco, Acre,


Quatro pessoas são presas acusadas de assaltarem ônibus na BR-364; um é morto em confronto com polícia

Além disso, a polícia recuperou celulares, relógios, câmera fotográfica, jóias e todos os bens roubados das vítimas do assalto ao ônibus

A Polícia Militar prendeu na noite de terça-feira, 22, em uma resposta rápida e exitosa, os cinco suspeitos de terem praticado um assalto a um ônibus da Petroacre. O crime aconteceu na última segunda-feira (21), na BR-364, dependências do município de Tarauacá. Bens roubados foram recuperados e nove armas de fogo apreendidas com o grupo durante as diligências.

Quatro pessoas foram presas/Foto: ascom Sejusp

Assim que ficaram cientes da situação policiais militares foram destacados para esta ocorrência e após receberem as imagens do circuito interno de câmeras do ônibus, conseguiram identificar os suspeitos. Os cinco foram achados homiziados em uma residência, localizada na Colônia São José, zona rural do município de Tarauacá.

Com a chegada da polícia, houve confronto armado e um dos envolvidos identificado como Francisco Valdervan Araújo da Silva acabou morrendo. Os demais, Carlos André Araújo da Silva, José Italo Monteiro Negreiro, Antonio Reinaldo Araújo e Marcione Félix Nascimento foram presos e encaminhados à delegacia.

Na casa onde estavam, os militares apreenderam nove armas de fogo, entre garrunchas, espingardas e revolveres, munições e ainda recuperaram aparelhos celulares, relógios, câmera fotográfica, jóias e todos os bens roubados das vítimas do assalto ao ônibus.

“Ação  representa o novo modelo estratégico de atuação do sistema de segurança em relação a criminalidade no nosso estado. Ela não é só rápida e eficaz mas, dá a sociedade a garantia necessária de que aqueles que por ventura cometerem crime, terão a resposta adequada do Estado, e a resposta é dentro da legalidade, resposta dura e a altura do que a sociedade carece para ter um ambiente de paz”, ressaltou o Secretário de Segurança Paulo Cézar dos Santos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Últimas Notícias

Recomendado para você