Rio Branco, Acre,





Mulheres são presas tentando entrar em presídio com droga nas sandálias e em suas peças íntimas


Ao serem surpreendidas, as visitantes confessaram o crime, receberam voz de prisão e foram conduzidas à Delegacia de Flagrantes

ASCOM IAPEN

Durante procedimento de revista para entrada de visitantes da Unidade Penitenciária Manuel Neri da Silva, em Cruzeiro do Sul, agentes penitenciários deram voz de prisão, na manhã deste sábado (9), a duas visitantes que tentavam entrar com substâncias entorpecentes escondidas nos solados de suas sandálias.

Thaide Thamara Alves do Nascimento, esposa do preso José Francisco de Souza Melo, e Ednalva Rodrigues da Silva, esposa de Emerson Correia da Silva, portavam em suas sandálias substâncias entorpecentes aparentando ser maconha. Mas, no caso de Thaide Thamara a situação foi ainda pior, pois a visitante também tentava levar 03 trouxinhas de uma substância, que supostamente seria cocaína, escondidas em suas peças íntimas.

Droga estava escondida no solado das sandálias das mulheres: Fotos: Ascom Iapen

Ao serem surpreendidas, as visitantes confessaram o crime, receberam voz de prisão e foram conduzidas à Delegacia de Flagrantes do município para o registro da ocorrência. Elas informaram aos agente penitenciários que as substâncias eram para o consumo dos maridos.

De acordo com o Diretor da Unidade, Marquines Santos, as apreensões foram feitas com base na atividade de Inteligência que atua dentro do presídio, o que possibilita o monitoramento e controle de atitudes suspeitas.

No âmbito da Administração da Unidade, os esposos das visitantes foram encaminhados ao isolamento preventivo e um procedimento administrativo foi instaurado para investigar suas conduts. Eles também serão ouvidos pelas autoridades policiais que, se entenderem que as substâncias eram destinadas aos presos, também poderão indiciá-los.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também