Rio Branco, Acre,


Presidente do Sinteac cobra policiamento nas escolas da rede pública, após ameaças

Vamos deixar de lado discurso da herança maldita que herdamos da gestão passada, porque a eleição, já acabou

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (SINTEAC) vem a público pedir às autoridades constituídas do Estado, a tomada de providências para garantir a integridade física dos alunos e dos trabalhadores em educação, pois as nossas escolas têm se transformado alvo dos grupos criminosos. A tentativa de invasão de duas escolas nos bairros da nossa capital acreana nos últimos dias, nos revela o perigo que corre a comunidade escolar.

Em anos anteriores chegamos a registrar o assassinato de estudantes na sala de aula no interior do Estado e mais recentemente, uma outra tentativa de homicídio e muitos registros de violência no interior do espaço escolar. Temos registrado várias ameaças de invasão das escolas, os alunos e servidores viraram os alvos frágeis dessa nova onda de violência que explodiu novamente em nossa cidade.

“Os pais não sentem mais segurança”, disse Rosana/Foto: Ascom

O Sinteac exige que os governantes coloquem policiamento nas escolas da rede pública, como forma de garantir a integridade física dos alunos, dos professores e funcionários de escola. Afinal, a nossa categoria está bastante abalada e aterrorizada, pois estão trabalhando quase todos os dias, sobressaltados com medo de uma invasão a qualquer momento. Os pais não sentem mais segurança, nem em casa, e agora, muito menos na escola, pois o espaço escolar deixou de ser um lugar seguro.

Vamos deixar de lado discurso da herança maldita que herdamos da gestão passada, porque a eleição, já acabou. Que deixemos de olhar no retrovisor e buscar resolver os problemas mais graves, que se apresentam neste momento, que é a violência, a educação e a saúde. Diante desse novo problema que surgiu, a nossa categoria da educação exige policiamento armado nas nossas escolas. Acreditamos que a medida de prevenção contribuirá para inibir a ação insana dos criminosos sedentos por vingança dos grupos rivais, enquanto a comunidade escolar poderá contar com a presença constante do policiamento nas nossas escolas da rede pública.

Rosana Nascimento é Presidente do Sinteac. 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias