Rio Branco, Acre,


Ilderlei Cordeiro vai reconstruir casa de família que perdeu tudo em incêndio

Segundo a mãe de Maria José, a família perdeu quatro camas, geladeira, dois celulares, guarda-roupa, fogão, tudo que estava na residência

A dona de casa Maria José perdeu seu imóvel na noite desta terça-feira, 1, devido a um incêndio que, segundo ela, teria sido criminoso. A casa de madeira localizada no bairro Lagoinha foi completamente destruída pelo fogo.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local, a casa já tinha sido consumida pelas chamas.

“Quando eu vi foi o fogo. E ela disse que a porta estava trancada no cadeado, mas quando olhei a porta estava aberta e o fogo na geladeira. Aí eu falei pra ela e ela correu, mas não deu tempo de tirar nada. Ela desmaiou quando viu a cada pegando fogo, todo mundo chorando. Foi um desespero grande, minha filha perdeu tudo”, disse a mãe da vítima, Maria Almezinda.

Dona de casa perdeu tudo em incêndio/Foto: reprodução

Segundo a mãe de Maria José, a família perdeu quatro camas, geladeira, dois celulares, guarda-roupa, fogão, tudo que estava na residência. “Tudo que um pobre tinha ela perdeu. Até os documentos ela perdeu”.

Comovido com a tragédia, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, afirmou que irá reconstruir a casa da família com dinheiro do próprio bolso. Segundo o prefeito, ele recebeu uma mensagem de uma pessoa que passava pela casa no momento do incêndio e se emocionou.

“Lamentável agora pouco na vila lagoinha, fiquei muito triste vendo as crianças chorando, vendo sua casa queimando, não pudemos fazer nada, ainda bem que saram todos com vida”, disse.

De acordo coordenador da Defesa Civil, José Lima, a prefeitura solicitou um levantamento de tudo que a família perdeu para iniciar as obras. “Vamos ver todas as perdas e reconstruir essa moradia. Foi uma perda total e precisamos iniciar para dar um auxílio para essa família”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias