Rio Branco, Acre,


Tiago Iorc compara isolamento a sexo. “O gozo acaba perdendo o prazer”

o cantor aproveitou entrevista cedida ao programa Conversa com o Bial, nessa segunda-feira (13/7), para contar como tem sido a quarentena

Afastado das redes sociais e dos holofotes da imprensa há dois anos, o cantor Tiago Iorc aproveitou entrevista cedida ao programa Conversa com o Bial, nessa segunda-feira (13/7), para contar como tem sido o período recluso graças aos protocolos de segurança impostos pela Covid-19.

“Existe justamente aquela curva que te permite entender, compreender e assimilar o que é de fato o prazer, porque existe um período que você se permite e depois um relaxamento. Gozar o tempo inteiro, você não vai saber o que é o relaxamento daquilo e, daqui a pouco, o gozo perde justamente o ato de prazer”, relacionou.

O cantor conta que a decisão de seu sumiço nas redes sociais e dos shows, em um primeiro momento, foi difícil. “Não foi uma decisão simples. Relutei bastante, e, depois me arrependi muito. Nas primeiras semanas, a sensação de que o corpo e a mente continuava fluindo, mas existia um freio”, lembra.

Foi um alívio absurdo porque entendi que essa constância e muita exposição não é tão importante. Foi então que pude reencontrar prazeres que não sentia há muito tempo como jogar futebol, ler, ficar em casa, ir ao mercado. Com isso, refloresceu a vontade de fazer música”, afirmou Tiago, que tem voltado, aos poucos, ao universo musical.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up