Rio Branco, Acre,


Ícaro já foi denunciado por espancamento de turista italiano na Bahia

O irmão e primo dele também teriam se envolvido na suposta ocorrência, datada de 2013

Um processo que corre na 1ª Vara Criminal da Comarca de Ilhéus, na Bahia, aponta que o fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto teria se envolvido em um espancamento de um turista italiano. Ele foi preso neste sábado em Rio Branco acusado de matar atropelada a jovem Jonhliane Paiva no último dia 6.

As informações são do site AC24Horas.

PUBLICIDADE

As agressões teriam acontecido em 2013. Os nomes do irmão e o primo do fisioterapeuta, Jonathas David da Silva e Marco Vinicius Gonçalves Pinto, respectivamente, também constam nos autos. Eles são médicos.

De acordo com o processo, o italiano Marco Belli foi espancado com socos e pontapés dentro de um bar chamado Mar Aberto. A esposa da vítima afirma que os três quase mataram o turista, que ficou incapacitado de exercer tarefas do dia a dia por cerca de um mês.

A briga teria começado após discussão por conta de um balde de gelo no balcão.

O Ministério Público do Estado da Bahia denunciou os três suspeitos. Segundo informações, Ícaro não se apresentou às autoridades para esclarecer o caso até hoje.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up