Rio Branco, Acre,


Jarude e N. Lima disputam voto a voto para a presidência da Câmara de Rio Branco

Próximos dois dias serão de grande movimentação nos bastidores da política municipal

Emerson Jarude (MDB) e N. Lima (PP). Um deles será o novo presidente da Câmara de Rio Branco pelos próximos dois anos. A votação acontece nesta sexta-feira (1º), após a posse dos 17 vereadores eleitos.

Cada um dos candidatos precisa de pelo menos nove votos para vencer a disputa pela condução dos trabalhos no parlamento-mirim. E os próximos dias serão de muita movimentação nos bastidores para a formação de ambas as chapas e a busca por apoios.

O vereador N. Lima, reeleito para seu segundo mandato na Casa, garante que já tem votos suficientes para chegar lá. Ele afirma que terá o apoio de toda a bancada do PDT e do PSB, que fizeram três cadeiras, cada, além do próprio voto e o dos colegas de partido, Samir Bestene e Rutênio Sá.

A candidata mais votada, a pedetista Michelle Melo, é a vice na chapa do militar. Já o PSB ocupa a secretaria da mesa com o ex-presidente Antonio Morais. Os outros dois cargos serão anunciados somente na quinta-feira (31).

Além disso, N. Lima está em negociações quase finalizadas com Hildegard Pascoal (PSL), que deve compor a mesa. Arnaldo Barros (Pros) também está no radar do progressista, que tenta ainda uma aproximação com Ismael Machado (PSDB).

Já Emerson Jarude terá muito mais trabalho nos próximos dias para angariar votos suficientes. Até o momento, apenas quatro parlamentares embarcaram na sua empreitada, entre eles Lene Petecão (PSD), que desistiu da disputa pela presidência, seu colega de MDB Célio Gadelha, Francico Piaba (DEM) e Raimundo Castro (PSDB).

Falta a garantia de quatro votos para Jarude vencer a disputa. Para isso, ele terá de conquistar os votos ainda incertos de Ismael Machado (PSDB) e Arnaldo Barros (Pros) e a difícil missão de reverter dois apoios do PDT, PSB e PSL a N. Lima.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up