Rio Branco, Acre,


Maradona sofria de “demência alcoólica”

Equipe de profissionais está sendo investigada por suspeita de negligência nos últimos momentos de vida do ex-jogador

Diego Maradona morreu há cerca de três meses mas sua morte ainda repercute na Argentina e em todo o mundo. Detalhes dos últimos momentos de vida do ex-jogador. Agora, um jornal argentino divulgou trechos de análises da equipe médica que acompanhava Don Diego em sua recuperação, nos momentos que antecederam sua morte.

A equipe era formada pelo médico Leopoldo Luque, o psicólogo Carlos Diaz e a psiquiatra Agustina Cosachov. Segundo o Jornal Página 12, os profissionais usavam expressões como “demência alcoólica” e até mesmo Mal de Parkinson para definir o estado de saúde de Maradona.

Leia mais em METRÓPOLES, clique AQUI!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up