28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 4:24 pm

Adolescente de 15 anos é morta a facadas após namorado descobrir suposta traição

Crime ocorreu na frente da filha do casal, de apenas um ano e quatro meses. Suspeito teria desferido 15 facadas contra a vítima

POR O TEMPO

Uma menina de 15 anos foi morta com 15 facadas pelo namorado de 22 anos no final da tarde dessa segunda-feira (28), no bairro Jardim Colonial, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. O motivo, de acordo com o autor que acabou sendo preso, seria por que ela estaria o traindo com um traficante da região. O crime ocorreu bem em frente a filha deles, de apenas um ano e quatro meses de idade.

O boletim de ocorrência registrado pela Polícia militar dá conta de que o irmão da vítima estava na casa. Ele contou que o suspeito chegou ao local e iniciou uma discussão com a garota. Vendo de que se tratava de uma briga de casal, o irmão da vítima disse que saiu da casa e ficou no portão fumando um cigarro.

Ele relatou que, em certo momento, viu o namorado da irmã saindo da casa, retirando a corda que abre o portão para impedir que alguém entrasse e retornando para dentro da residência.

Nesse momento, o irmão da vítima teria ouvido a irmã gritar pedindo que o namorado não fizesse o que estava fazendo, sinalizando uma possível agressão. Em um ato de impulso, o irmão disse que pulou o muro da casa, entrou na residência e já encontrou a irmã ensanguentada. O suspeito então teria começado a fugir do local. O irmão ainda relatou que ficou em dúvida se prestava socorro para a irmã ou corria atrás do suspeito.

Ele decidiu então correr atrás do rapaz, mas ele acabou escapando. O irmão da vítima relatou que logo em seguida ligou para a mãe e pediu ajuda para socorrer a garota. A Polícia Militar também foi acionada. A garota foi levada para receber atendimento médico no Hospital São Judas Tadeu, mas na unidade médica o óbito foi constado.

Prisão

Após serem acionados, policiais militares fizeram uma ronda pelo bairro Jardim Colonial e encontraram o suspeito perambulando próximo a um conhecido campo de futebol na região. Ao ser abordado, ele confessou o crime. Disse que a discussão teve início porque ele descobriu que a garota o estava traindo com um traficante da região conhecido como “Madruga”. Afirmou ainda que quando chegou na casa da namorada, flagrou o Madruga saindo às pressas do local.

Após desferir as 15 facadas contra a adolescente, ele explicou que ficou escondido em uma matagal, próximo ao campo de futebol do bairro, até se sentir seguro para sair. Foi quando ele acabou sendo abordado pelos policiais militares.

A rapaz deve responder pelo crime de feminicídio. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.