26.3 C
Rio Branco
14 junho, 2021 11:00 am

Cadastro de reserva da Polícia Civil acampa na Aleac: “Só sairemos com posicionamento”

Barracas e cartazes foram levados ao local pelos manifestantes, que aguarda a ida de Gladson ao local

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Parte do cadastro de reserva da Polícia Civil, do concurso de 2017 promovido pelo Governo do Estado, está acampado em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta segunda-feira (17).

Ao todo, são 400 candidatos que estão no aguardo da convocação para as vagas de agente, escrivão e delegado. O grupo irá se revezar durante todo o dia, até que o governador Gladson Cameli ou outro representante do governo dê um posicionamento sobre a possível contratação.

Barracas e cartazes foram levados ao local pelos manifestantes. “Vamos ficar aqui pela noite, madrugada, até o governador aparecer e garantir aquilo que ele nos prometeu”, disse Gamaliel Kessio, um dos manifestantes e membro do cadastro de reserva.

“São 4 anos esperando por isso. Nós também queremos que cumpra o que prometeu, como fez com o cadastro de reserva da Polícia Militar, inclusive. Temos o nosso direito”, continuou.

Ainda em 2018, Gladson e Wherles Rocha assinaram um termo de compromisso com o grupo.

“Desde a campanha, o governador reafirmou o compromisso de realizar a Academia de Polícia para os 500 aprovados no cadastros de reserva. O déficit na Polícia Civil é grande e o que tem no cadastro sequer supre a necessidade. A violência está aí e a gente só assiste, sem podermos ajudar”, acrescentou Michelle Costa, aprovada no cadastro de reserva.