22.3 C
Rio Branco
11 junho, 2021 2:32 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Menina faz balé sobre pontes construídas em cheia recorde do Rio Amazonas

"O contraste da leveza do Balé clássico com a realidade da enchente em nossa cidade” é o tema do ensaio, idealizado pelo professor Gledson Oliveira, que é instrutor de iniciação a dança e babyclass do Liceu de Artes e Oficios Claudio Santoro- Bumbodromo e acadêmico de artes visuais da UFAM.

POR PARINTINSAMAZONAS

Em volta ao cotidiano atípico, provocado pela enchente  recorde do Rio Amazonas, na cidade de Parintins, onde a água invadiu ruas, becos, casas e pontes foi o cenário do ensaio fotográfico da menina bailarina Aglynes Máina. A pequena  Aglynes modificou através da leveza dos movimentos e harmonia dos giros o aspecto imposto pela força da água. Momento de encher os olhos de esperança e dias melhores. Pois, o avanço da água mudou a rota dos motoristas, cilcistas e pedestre e em alguns pontos mais críticos expulsa moradores e comerciantes. 

 “O contraste da leveza do Balé clássico com a realidade da enchente em nossa cidade” é o tema do ensaio, idealizado pelo professor Gledson Oliveira, que é  instrutor de iniciação a dança e babyclass do Liceu de Artes e Oficios Claudio Santoro- Bumbodromo e acadêmico de artes visuais da UFAM. Gledson começou a divulgou algumas imagens do ensaio da bailarina Aglynes Máina nas redes sociais, desde 16 de maio de 2021. 

A ideia do Projeto veio através da disciplina Introdução à fotografia, então a bailarina Aglynes Máina foi convidada, para fazer parte. Gênero-é a performance tendo como instrutor- Marcelo Rodrigo. “Obrigado Maeli Miranda você é show e Felipe Andrew  pela dicas você é incrível. O resultado não poderia ser diferente” agradeceu Gledson ao posta algumas das fotografias. 

Segundo a Coordenação da Defesa Civil Municipal a cheia do Rio Amazonas alcançou recorde histórico em Parintins, no dia 17 de maio de 2021, com 9,38 metros, nível do rio atingiu a maior cheia da região, registrada no ano de 2009.