24.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 8:36 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Inmet emite alerta de chuva forte a 30 cidades de MS

Também há aviso para baixa umidade relativa do ar para algumas regiões do Estado

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS)  – O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta amarelo, que representa tempestade com perigo potencial, para 30 cidades de Mato grosso do Sul. O aviso foi publicado na madrugada deste domingo (6) e indica possível volume considerável de até 50 mm. O alerta tem validade para até a manhã de segunda-feira (7). Veja abaixo os municípios que não inclui a capital Campo Grande, que está fora do aviso do Instituto.

Conforme dados do Inmet, a precipitação pode ficar entre 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Além do alerta de tempestade, o Inmet também manteve até às 16h de hoje o aviso de baixa umidade do ar as regiões sul, leste e sudoeste do Estado, compreendendo 24 municípios, incluindo Campo Grande.

Segundo comunicado do Instituto estão sob alerta os municípios de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Bonito, Caarapó, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Japorã, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas, Tacuru e Vicentina.

O Inmet diz que há baixo risco de alagamentos substancial, mas pode haver pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.

Recomendações

  • Evite enfrentar o mau tempo.
  • Observe alteração nas encostas.
  • Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

A umidade relativa do ar deve variar entre 30% e 20%. Há baixo risco de incêndios florestais e à saúde, mas é importante seguir as seguintes instruções:

  • Beba bastante líquido.
  • Evite desgaste físico nas horas mais secas.
  • Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).
Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.