34.3 C
Rio Branco
28 setembro 2021 5:32 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Casal é sequestrado, mantido em cativeiro por 3h e tem caminhonete roubada em Porto Velho

Veículo foi localizado pela polícia quando estava sendo levado para Guajará-Mirim. Casal foi abandonado em mata horas horas depois de ser retirado de casa pelos assaltantes

POR G1

Um homem e uma mulher, de 48 e 46 anos, foram feitos de refém por assaltantes e sequestrados na madrugada desta segunda-feira (26) em Porto Velho.

Os criminosos roubaram uma caminhonete, que foi recuperada horas depois, e objetos da casa.

Segundo o boletim de ocorrência, o filho do casal, de 28 anos, estava indo para o trabalho quando recebeu a ligação de um dos funcionários informando que os pais não haviam chegado na empresa. O rapaz acionou a polícia e informou sobre um possível caso de sequestro.

Quando os policiais militares chegaram na residência do casal, encontraram sinais de arrombamento na porta do quarto, fios elétricos cortados e os equipamentos de segurança não estavam mais no local. Os peritos foram acionados para coletarem provas no local.

Pouco depois, os agentes foram informados de que as vítimas haviam sido liberadas no Km 13 da BR-319, sentido Humaitá.

A mulher relatou que por volta de 2h a energia da casa acabou, ela ouviu alguém pegar na maçaneta da porta e momentos depois os bandidos bateram na porta, entraram no quarto e colocaram os dois no chão, mandado ficarem calados.

A vítima ainda contou que algum tempo depois os criminosos colocaram o casal em um carro e os levaram para um cativeiro, onde passaram cerca de 3h30. Já no começo do dia a mulher foi desamarrada e os assaltantes foram embora. Nesse momento ela desamarrou o marido, ambos saíram da mata e conseguiram pedir ajuda a um motoqueiro que passava na hora.

A caminhonete roubada foi recuperada na zona rural de Nova Mamoré, quando estava a caminho da região de fronteira com a Bolívia. Dois homens que estavam no veículo, e disseram ter sido pagos para levar o carro até Guajará-Mirim, foram presos em flagrante.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.