17.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 6:38 am

“Roda de Conversa”: MPF promove palestras sobre povos originários do Acre

Durante dois dias, juiz, antropólogo, professore e mestrando da Ufac debaterão temas sobre origens

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Os povos indígenas originários do Acre, cujas raízes também serão discutidas, serão tema de um seminário, chamado “Roda de Conversa”, nos dias 21 e 22 de julho em Rio Branco. O evento é promovido pelo Ministério Público federal no Acre (MPF) e ocorrerá no auditório da sede do órgão, da unidade em Rio Branco, com transmissão pelo canal no YouTube, a partir da sede do órgão, localizada na Alameda Ministro Miguel Ferrante, 340, Portal da Amazônia, na Cidade da Justiça.

O evento será uma série de palestras e debates transmitido pelo Zoom para o público interno do MPF e poderá ser acessada pelo público em geral por meio do canal do MPF no YouTube. O objetivo é apresentar dados teóricos e exemplos práticos sobre os povos originários e comunidades indígenas do Acre e suas origens.

O evento terá como palestrantes o procurador da República Lucas Costa Almeida Dias, o analista do MPU Gerôncio Ferreira Macêdo Júnior, a antropóloga Andréia Baia Prestes, o mestrando da Ufac Eldo Shanenawa, o juiz federal Jair Facundes, o defensor público federal Matheus Nascimento e a ouvidora-geral da Defensoria Pública Estadual Solene Costa.

Os interessados poderão se inscrever até dia 20 de julho na plataforma Sympla acessando o link https://www.sympla.com.br/roda-de-conversa-povos-originarios-e-comunidades-indigenas. O link de transmissão será enviado na véspera do evento. A roda de conversa será transmitida pelo aplicativo ZOOM, TV MPF e YouTube.

A seguir, a programação do evento:

Dia 21/7, 9h Lucas Dias (procurador da República) – O paradigma indígena à luz da Constituição Federal e da Convenção 169/OIT
Dia 21/7, 10h Raial Orutu Puri (Andréia Baia Prestes) antropóloga – Aspectos culturais dos povos originários da Amazônia acreana ontem e hoje
Dia 21/7, 14h Eldo Shanenawa, mestrando (UFAC), – A violação dos direitos indígenas já conquistados e suas ameaças em no século XXI
Dia 21/7, 15h Jair Facundes, juiz federal – Cultura, direitos fundamentais e democracia
Dia 22/7, 9h Gerôncio Macedo (MPF) – Perspectivas de atuação ministerial no combate ao racismo indígena: desafios e superações
Debates sobre casos concretos (participação de Ninawa Inu Huni Kui, presidente da Federação do Povo Huni Kui do Estado do Acre – FEPHAC)
Dia 22/7, 14h Matheus Nascimento, defensor público federal – Indígena migrante ou migrante indígena? O desafio do acolhimento dos Warao no Brasil
Dia 22/7, 15h Solene Costa, ouvidora-geral da DPE – Pluralismo Jurídico

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.