31.3 C
Rio Branco
1 agosto 2021 2:24 pm

“Se quer a cadeira de governador, que dialogue com o povo”, diz Gladson sobre Rocha

Cameli acredita que o interesse do vice é causar instabilidade no governo

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O clima entre o vice-governador Major Rocha e o governador Gladson Cameli ficou ainda mais tenso na última semana, depois que o militar resolveu fechar seu gabinete, alegando falta de pessoal e perseguição política. O chefe do executivo conversou com a reportagem do ContilNet sobre o assunto.

Gladson acredita que Rocha não está prejudicando apenas o Governo, mas toda a população, quando promove ataques ao grupo que ele integra.

“Não sei o que ele [Rocha] quer com isso, com essa perseguição ao governo que ele faz parte. Isso não prejudica somente a gestão, mas também a população que não quer saber de picuinhas, e sim de trabalho”, comentou Cameli.

O governador disse que discorda da afirmação de que falta pessoal para trabalhar no gabinete do vice, quando o orçamento que está disponível para Rocha ultrapassa os R$ 900 mil por ano.

“É só olhar no Portal da Transparência qual o orçamento que está disponível para o gabinete dele, em torno de R$ 900 mil por ano. Não faz sentido que diga tudo isso”, rebateu.

Cameli acredita que o interesse do vice é causar uma instabilidade no governo.

“O interesse está claro, é causar uma instabilidade que prejudica só a população. Estamos entregando as obras, fazendo o nosso papel. Se quer ocupar a cadeira de governador, que dialogue com a população para saber o que ela decide, como fez comigo e com ele nas últimas eleições. É pela democracia que a gente consegue as coisas”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.