17.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 8:56 am

Secretário diz que aguarda posição do MS sobre supostas vacinas contra Covid aplicadas em Rio Brano

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Em nota enviada à imprensa na noite desta sexta-feira (2), a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa), afirma que não tem ainda uma posição quanto às informações sobre as vacinas contra a Covid-19 da Astrazeneca/Fiocruz vencidas que supostamente teriam sido aplicadas em pelo menos 60 acreanos.

A notícia do portal UOL, fala sobre de lotes da vacina que teriam sido distribuídos em todo o país e pelo menos 26 mil doses teriam sido aplicadas em 1.532 municípios brasileiros. No Acre, a vacina fora da validade foi aplicada nos municípios de Xapuri, Senador Guiomard, Acrelândia, Rio Branco, Epitaciolândia, Porto Walter e Cruzeiro do Sul, afirma o portal.

“Nesse momento, como secretário Municipal de Saúde de Rio Branco, não tenho nada oficial do Ministério da Saúde. Vacina é coisa séria e não posso emitir uma opinião somente por uma notícia de um veículo de comunicação, sem um posicionamento do Ministério da Saúde”, esclareceu Frank Lima, secretário da Saúde da Capital.

Ele acrescenta ainda que somente após o comunicado oficial vai poder dizer se de fato o Acre recebeu algum lote de vacina vencida e se estas foram aplicadas em algum rio-branquense, onde, de acordo com o UOL, duas vacinas teriam sido aplicas no Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental.

“Estou aguardando um comunicado para saber o que, de fato, ocorreu, qual o lote, e quantas pessoas foram vacinadas em Rio Branco com essas vacinas. Com isso, vamos saber, também, quais  medidas devem ser adotadas nesse caso. Na sequência, a Vigilância Epidemiológica tem todas as condições para, rapidamente, identificar todos que por ventura possam ter recebido vacinas dos lotes identificados e tomar as medidas recomendas pelo Ministério da Saúde”, finalizou Lima,

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.