34.3 C
Rio Branco
2 setembro 2021 4:16 pm

Acreana que nasceu com 1,5 kg reencontra médico que fez seu parto há 16 anos: “Emocionada”

A adolescente fez questão de contar a satisfação que teve ao "reviver um ponto importante da sua história"

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Ao chegar em um consultório de Rio Branco para realizar um acompanhamento médico de rotina, a adolescente acreana Iana Bezerra de Souza, de 16 anos, foi surpreendida ao encontrar o obstetra responsável por fazer o seu parto, o especialista Júlio Eduardo.

O encontro do dia 18 de maio de 2005 se repetiu nesta quinta-feira (12), de uma forma emocionante, de acordo com o pai de Iana, o ex-vereador de Sena Madureira, Célio Teixeira, e a mãe da adolescente, a professora Inês Lima.

A mãe de Iana, Inês Lima, quando ainda estava grávida/Foto: Reprodução

“Um encontro que marcou muito as nossas vidas, especialmente a da Iana, que conheceu o médico que fez o seu parto”, disse o pai à reportagem do ContilNet.

O fato deixou a família emocionada não apenas porque Júlio foi o responsável por fazer a cesariana que trouxe Iana ao mundo, mas também por “ele ter operado, a partir de Deus, um grande milagre”.

“No dia que Iana nasceu, enfrentamos uma tribulação enorme, porque ela tinha apenas 7 meses. O parto seria de risco, de acordo com o doutor Júlio, mas ele nos garantiu que tudo daria certo. Minha filha nasceu prematura e pesando apenas 1,5 kg. Foi um milagre de Deus”, continuou o genitor.

A pequena nasceu com apenas 1,5 kg/Foto: Reprodução

Doutor Júlio, que ainda segue atuando como médico, pode dizer que recebeu um presente nesta quinta, já que é o dia em que comemora o seu aniversário.

“Ele também ficou tão feliz quando encontrou a Iana. Nos abraçamos a agradecemos muito a ele por ter sido tão responsável, generoso e competente. Ele foi usado por Deus para nos trazer esse presente que é a Iana. Doutor Júlio merece nossa homenagem, carinho e admiração”, finalizou Teixeira.

A adolescente fez questão de contar a satisfação que teve ao “reviver um ponto importante da sua história”.

“Ele é parte da minha história. Me sinto emocionada em reviver esse ponto tão importante e reencontrar, agora, depois de crescida, essa pessoa tão iluminada por Deus. O sentimento é de gratidão”, argumentou a acreana.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.