29.3 C
Rio Branco
19 outubro 2021 1:25 pm

Galo canta alto, vence o Imperador e lidera o 2º turno do Acreanão

POR NA MARCA DA CAL/ MANOEL FAÇANHA

Última atualização em 17/09/2021 11:20

Com dois gols de Digão, um em cada tempo de jogo, o Atlético Acreano venceu o Imperador Galvez por 2 a 1, em clássico disputado na noite desta quinta-feira (16), no estádio Florestão, pela estreia de ambas equipes no segundo turno do Campeonato Acreano.

Como fica

Com o triunfo, o Atlético-AC lidera o turno com três pontos, mesma pontuação do Rio Branco, mas fica na primeira posição nos critérios técnicos de gols marcados. Por outro lado, o Galvez aparece na terceira posição, sem pontuar e com chances reduzidas de conquistar o bicampeonato.

Próximos jogos

Na próxima rodada, ainda com data em aberto, mas agendada para o estádio Florestão, os lideres Rio Branco e Atlético Acreano medem forças. No outro confronto, as equipes do Humaitá e Galvez precisam vencer para ainda sonharem com o título do returno.

Resumo do jogo

O jogo começou com alta intensidade e com as duas equipes buscando o gol. O primeiro lance de perigo foi a favor do Imperador Galvez. O atacante Radames entrou em velocidade na área do Galo, mas teve o chute travado pelo zagueiro Lelo. Refeito do susto, o Galo respondeu no minuto seguinte. O atacante Marcelo Pano recebeu a bola na área e finalizou na trave do goleiro Edivandro.

O lance fez bem ao Galo Carijó que passou a criar as melhores oportunidades de gols. O volante Renato, após assistência de Marcelo Pano arriscou o chute de fora da área, mas o goleiro Edivandro fazer boa defesa.

O jogo era lá e cá. O atacante Felipinho fez ótima jogada e finalizou para a boa defesa do goleiro Tião. Na sequência, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para o meia Gordo. O jogador imperialista soltou o pé e quase marcou, mas a bola passou perto da trave do Galo.

Os dois times diminuíram a intensidade e o primeiro gol saiu somente aos 38 minutos. Digão recebeu a bola no ataque, passou por dois marcadores na área e chutou no alto para balançar as redes.

Três minutos depois, o atacante Alesson dividiu a bola com a zaga celeste. O meia Gordo ficou com sobra e avançou para dentro da área do Galo e chutou para a rede, aos 41 minutos.

Lei do ex

Na volta dos vestiários, as equipes continuaram marcando forte e dando pouco espaço. No entanto, aos 13 minutos, o atacante Digão, ex-Galvez, recebeu pelo lado direito do ataque, levou a bola para a perna esquerda e soltou o pé para vencer o goleiro Edivandro.

Com a derrota parcial, o Imperador foi em busca da reação na partida, mas tinha muitas dificuldades em furar a defensiva celeste.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.