33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 12:28 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Ator de Manaus é sensação da web: quem é Leonardo Bittencourt, o Daniel Cravinhos no filme sobre caso Richthofen

O ator amazonense vive o namorado de Suzane von Richthofen nos filmes 'O Menino que Matou Meus Pais' e 'A Menina que Matou os Pais', sua estreia como protagonista; em papo com Marie Claire, ele fala sobre os cuidados com a saúde mental no processo. "É essencial não partir do nosso julgamento"

POR MARIE CLARIE

O ator Leonardo Bittencourt viu seu número de seguidores no Instagram praticamente dobrar na última semana – ele tinha pouco mais de 200 mil e agora passou dos 400 mil – por conta da repercussão dos filmes O Menino que Matou meus Pais e A Menina que Matou os Pais, baseados no assassinato do casal mortes de Manfred e Marísia von Richthofen. Em ambas as produções, Leonardo interpreta Daniel Cravinhos, namorado de Suzane von Richthofen e um dos assassinos dos pais dela (junto do irmão, Cristian Cravinhos). No primeiro filme, sob a visão de Suzane, Daniel é apresentado como um aproveitador dissimulado, enquanto no segundo, sob a visão dele, é um rapaz manipulado pela namorada.

Os filmes fizeram o interesse pelo caso explodir na web e voltar a ser um dos assuntos mais falados na web quase 20 anos depois – o assassinato foi em outubro de 2001). O trabalho de Bittencourt rendeu elogios e novos fãs para o ator de 27  anos vindo de Manaus.

Leonardo estreou na TV em 2018, fazendo parte do elenco de Malhação: Vidas Brasileiras. Ainda no início da carreira, tem no currículo, a série Segunda Chamada, de 2019.

Para Marie Claire,  Leonardo falou sobre os filmes. “Esse é meu primeiro protagonista, e com muita responsabilidade por conta da proporção que essa história tem, um crime que a gente não consegue entender até hoje – o que leva uma pessoa a se envolver no assassinato dos próprios pais”, diz o ator. “Mas é aí que mora o desafio, contar essa história de maneira fiel e responsável.”Carla Diaz e Leonardo Bittencourt no filme 'O Menino que Matou meus Pais' (Foto: divulgação )

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.