32.3 C
Rio Branco
26 maio 2022 1:52 pm

Thor Dantas diz que não indica teste de ‘ponta de dedo’ para Covid-19 e esclarece dúvidas sobre vacinas

Thor esclareceu outra dúvida sobre a relação entre testagens positivas e aplicação da vacina contra o vírus

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 26/01/2022 17:10

O infectologista Thor Dantas usou o seu perfil nas redes sociais, nesta quarta-feira (26), para dar alguns esclarecimentos sobre o uso de testes para diagnóstico da covid-19.

Nesses últimos dias, principalmente em Rio Branco, filas quilométricas estão sendo formadas em frente às unidades de Saúde, diariamente, em busca dos exames. O Acre chegou a registrar mais de 1 mil casos em 24 horas.

O especialista afirmou que o teste mais indicado para saber se o vírus está no organismo é o swab, que faz a coleta de material pelo nariz e/ou boca. “Ele indica se você está ou não com o vírus, e é o mais confiável”, explicou.

Dantas acrescentou que o exame feito pela ponta do dedo, em que o sangue é coletado, “não serve para quase nada” e não indica se o paciente está com o vírus. “Este é sorologia para verificar os anticorpos, mas não serve para quase nada e temos que discutir a função dele”, argumentou.

Thor esclareceu outra dúvida sobre a relação entre testagens positivas e aplicação da vacina contra o vírus.

“Tenho escutado ultimamente algumas pessoas afirmando que o teste dá positivo porque o paciente tomou a vacina há poucos dias. Isso não é verdade. Vacina não deixa o exame positivo. Se o teste swab indica que você testou positivo, é porque o vírus está ativo no seu corpo”, finalizou.

Veja o vídeo completo: 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.953 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.