24 de maio de 2024

Governo realiza atendimentos em Tarauacá com a Carreta Ambiental e segue para o Juruá

A Carreta Ambiental – Programa de Capacitação e Atendimento Ambiental Itinerante, vem cumprindo o seu papel de levar informação, atendimento e capacitação para os municípios do interior. Neste último final de semana realizou programação em Tarauacá e agora segue para o Juruá. O primeiro local a ser contemplado é a Vila Santa Luzia, na BR-364, em Cruzeiro do Sul, nos dias 22 e 23. No mês de março, a programação continua no Centro de Cruzeiro do Sul, em frente à Catedral Nossa Senhora da Glória, depois segue para Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

A Carreta Ambiental – Programa de Capacitação e Atendimento Ambiental Itinerante, vem cumprindo o seu papel de levar informação, atendimento e capacitação para os municípios do interior. Foto: Jacky Ramirez/Imac

Dentro da programação de março, nos dias 7, 8 e 9 os serviços serão oferecidos em Cruzeiro do Sul. Já Mâncio Lima receberá a carreta nos 11, 12 e 13, e, encerrando a programação no Juruá, nos dias 15, 16 e 17, será a vez da população de Rodrigues Alves ter acesso aos atendimentos e capacitações.

A iniciativa é do governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), numa parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA).

De acordo com o secretário de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas, Israel Milani, todos os municípios com acesso por vias terrestres serão contemplados. “É um projeto itinerante que promove a descentralização da pasta ambiental e, assim como ele, temos adotado essa estratégia na gestão, de estar mais perto das pessoas. Em breve inauguraremos os centros integrados de meio ambiente em Brasileia, Cruzeiro do Sul e Feijó, efetivando essa proposta de estar presente em todas as regionais”.

De acordo com o secretário de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas, Israel Milani, todos os municípios com acesso por vias terrestres serão contemplados. Foto cedida

Levando atendimento, capacitação e uma programação cultural local, a Carreta Ambiental é fruto de emenda parlamentar da deputada federal Vanda Milani, no valor de R$ 1,5 milhão. Além da Semapi, órgão que coordena o projeto, vários parceiros atuam dentro da Carreta Ambiental, entre eles o Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) e o Instituto de Terras do Acre (Iteracre). A Defensoria Pública do Acre tem participado também das edições, com atendimento jurídico.

O diretor técnico do Imac, Renê Fontes, participou da capacitação dos gestores municipais. “Muito importante essa iniciativa de descentralizar as ações, dos órgãos ambientais poderem estar mais perto da população e levar informação de qualidade. O Imac tem feito um trabalho que vai além da fiscalização. Nós estamos realizando um trabalho de educação ambiental, mostrando para as pessoas o que pode e o que não pode ser feito”, comentou.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost